Pipodromo com cerol vira piada até na CLDF

Se você acha que não vai se surpreender mais com tantas Leis distritais sem noção, você se engana. O deputado Distrital Daniel Donizzeti protocolou o PL que cria o PIPODROMO, uma área própria para soltar pipas. Mas não pára por aí, o deputado é a favor da volta do uso do cerol, aquele famoso corta pescoço que está proibido desde 2004.

CLDF tão inútil ao ponto de se discutir o uso de PIPAS

Nem o bloco recém-criado que abriga o deputado Daniel Donizzeti resistiu em criticar o PIPODROMO. Para um deputado bem chegado, Pipodromo é o fim e não é tema para ser discutido na CLDF. Ou seja, a CLDF que gasta horrores do dinheiro público, futilmente tem tempo para admirar um céu de pipas.  Em 2022 muitos serão cortados com cerol eleitoral nas urnas.

PSOL quer deixar Luis Miranda em Paz

O PSOL, famoso em representar nos conselhos de ética contra deputados e pedir cassação, não dá sinais de que vai se mexer contra o deputado do DEM Luis Miranda. Motivo simples: Não querem a volta do deputado da bancada da bala Laerte Bessa. Enquanto isso, Luis Miranda tenta reverter a situação e se defender.

Ex-administrador do Park Way abre fogo contra Hermeto

O ex-administrador do Park Way não poupou esforços para entregar os esquemas de pressão política dentro da Administração, e deixou claro que o deputado Hermeto passou o rodo da exoneração nos cargos comissionados. Só o administrador tinha a ilusão de que o deputado deixaria o povo do adversário dele nos cargos comissionados.

Hermeto e o discurso bonzinho

O deputado Hermeto deu uma de bonzinho e disse que não reconhece as exonerações e que não manda na Administração, só em seu gabinete. Essa foi triste. Que deputado não manda na Administração Regional que recebeu como prêmio do governador?

Lei Silvio Santos é uma pouca vergonha

O Observatório Social de Brasília entrou com denúncia no MPDFT, juntamente com o IFC, para sugerir uma ação contra a ilegalidade da emenda à Lei Orgânica que dá direito ao deputado distrital fazer aquele teatro de distribuição de emendas parlamentares, como se o dinheiro fosse dele. A Lei trata da divulgação de atos dos deputados distritais, foi aprovada em menos de um mês e fala que atos, programas, obras e serviços não caracterizam promoção pessoal. Agora assistiremos abertamente 24 deputados dando dinheiro de emendas como se fossem deles. Um verdadeiro Show do Silvio Santos.

Cris Oliveira

Todo o conteúdo exposto por comentários nas matérias deste site é de responsabilidade de seus respectivos autores. Por favor leia nossa Política de comentários antes de comentar.