funap

O Núcleo Educacional da Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso do Distrito Federal (Funap/DF), vinculada à Secretaria de Justiça e Cidadania do DF (Sejus/DF), em parceria com o Sindicato dos Professores do Distrito Federal (Sinpro/DF), realizou no mês de outubro, um concurso de redação para cerca de 250 para os alunos do Sistema Penitenciário e estudantes da rede pública de ensino. Os alunos das escolas prisionais ficaram com os melhores resultados, ganhando o primeiro, ganhando as três primeiras colocações.

A diretora de educação da Fundação, Rochane Gontijo, destacou que a participação dos sentenciados em concursos lhes garante a oportunidade de aprimorar o conhecimento. Ela frisou ainda que, a qualidade do ensino nas escolas prisionais foi o diferencial para os resultados obtidos.

“A oportunidade que é concebida aos reeducandos em relação aos estudos, é gratificante. Essa aprovação significa que o corpo discente das escolas prisionais é composto por professores e mestres qualificados e que realizam seu trabalho com competência e dedicação”, conclui a diretora.

O aluno aprovado no concurso receberá como prêmio. Além de um certificado de participação, que pode ampliar as oportunidades de emprego, ao sair do ganhar a liberdade.

Educação no sistema

Considerando a educação como pilar de sustentação de todo o processo de ressocialização, a Fuanp atende os alunos nos Estabelecimentos Penais do Distrito Federal, com uma equipe de professores cedidos por meio de Convênios com a Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer do Distrito Federal. O sentenciado tem a oportunidade de participar das atividades desde a alfabetização até o ingresso no ensino superior, por meio da Educação de Jovens e Adultos – EJA e, também, do ensino e aprendizagem de arte.

Todo o conteúdo exposto por comentários nas matérias deste site é de responsabilidade de seus respectivos autores. Por favor leia nossa Política de comentários antes de comentar.