Foto: Reprodução

O conhecido engenheiro peça-chave da operação Panantenaico da Polícia Federal, agora, é candidato a deputado Federal pelo MDB, partido que comanda desde quando era criancinha.

Pois é, Tadeu Filippelli espera ser eleito para deputado federal, coisa fácil de acontecer, principalmente em um partido que não falta recursos e que tem um candidato a governador que não esconde para ninguém que vai gastar milhões do próprio bolso. Acostumado com o jogo, Filippelli já colocou seus amigos em campo para garimpar as lideranças, que serão bem pagas e pegarão o kit campanha abobrinha, que inclui 01 coordenadores, 15 cabos eleitorais e uma van com motorista e combustível para atuarem no trabalho de campo.

Tudo muito normal, o Kit campanha, para quem conhece, vira abobrinha após a eleição.  Todo o recurso do candidato a governador Ibaneis e do partido se movem para um único objetivo: eleger o engenheiro da Panatenaico e ajuda-lo com o mandato a ter um pouco de paz.

Ibaneis é o verdadeiro investidor que conta com o exército de Filippelli, e tenta ressurgir depois que o comandante foi preso e acabou com sua reputação por causa da corrupção. Mas esse mesmo exército já briga pelo dinheiro fácil e alguns sabem que, mesmo com pouca rejeição, eleger o rico Ibaneis apadrinhado por Filippelli é muito difícil. Ibaneis é o contrário de Rollemberg, não tem rejeição, mas também não tem condição. É um rico jogando dinheiro fora.

 

Cris Oliveira

Todo o conteúdo exposto por comentários nas matérias deste site é de responsabilidade de seus respectivos autores. Por favor leia nossa Política de comentários antes de comentar.