Foto: Reprodução

Viaduto da Galeria dos Estados será liberado

Hoje, às 15h, o governador Ibaneis (MDB) vai reinaugurar e reabrir o Viaduto da Galeria dos Estados, que desabou por falta de manutenção há um ano e três meses.

Casa Civil deverá ter nova direção

A Casa Civil aguarda a nomeação do novo chefe da pasta que hoje está sendo comandada pelo interino. Deverá ser ocupada em breve. Tudo indica que a primeira opção prevalecerá.

Estrutural: Ninguém viu nada e a gestão continua omissa às invasões

Um barraco de alvenaria  foi erguido na calçada pública de uma casa de esquina, em frente à Administração Regional da Estrutural, em uma semana. O barraco chamou atenção de moradores que ficaram sem entender a construção ilegal acontecer em frente à Administração Regional. Segundo o portal Metrópoles, o administrador Germano Guedes oficiou o DF-LEGAL, mas deixou a obra acontecer. Mais uma vez os fiscais terão que derrubar uma construção que poderia ter sido notificada no primeiro tijolo.

Cadê a administradora do Guará?

O Guará também está coberto com mato alto. Moradores reclamam da falta de limpeza e roçagem na cidade. Quem conferiu de perto a situação foi a deputada Julia Lucy (Novo), que gravou um vídeo e postou no Instagram.

Onde foi parar Vânia Gurgel?

Vânia Gurgel, ex-administradora do Guará, está nomeada na Secretaria Executiva das Cidades. A Secretaria já é chamada de abrigo dos excluídos do Governo Ibaneis.

Ministra Damares Alves visita Conselho Tutelar

A ministra Damares se reuniu ontem (03) à tarde com os conselheiros tutelares de Samambaia, para entender como a criança de nove anos esquartejada teve um final tão trágico. Damares gravou um vídeo contando que a mãe e a companheira queriam trocar o sexo de Rhuam Maycon. A Ministra constatou que o Conselho Tutelar não foi acionado e que as crianças viviam em cárcere privado.

Mané Garrincha, um buraco sem fundo

O GDF vai gastar mais R$ 750 mil reais com o gramado do estádio Mané Garrincha. O campo deve ser preparado para a partida entre Brasil e Catar. O contrato de manutenção foi renovado por mais um ano e ultrapassa o valor arrecadado em 2019 com shows. Essa, sim, é uma obra faraônica e de pouca utilidade.

 

Cris Oliveira

Todo o conteúdo exposto por comentários nas matérias deste site é de responsabilidade de seus respectivos autores. Por favor leia nossa Política de comentários antes de comentar.