O Centro Especializado de Atendimento à Mulher (Ceam) da Asa Sul será reaberto até o final deste mês. O local que está sendo revitalizado, passará a ter um serviço integrado de assistência psicopedagógico, jurídico e de saúde.

No espaço, as mulheres serão acolhidas e vão contar com os serviços e suporte de uma rede de profissionais, entre psicólogos, assistentes sociais, pedagogo, advogados, da área administrativa e um da área da saúde. Objetivo é auxiliar as vitimas de agressões físicas e psicológicas, para que providências jurídicas e policiais possam ser tomadas.

Após o fechamento da Casa da Mulher Brasileira, em abril de 2018, o Governo do Distrito Federal (GDF) viu a necessidade de ter um local para dar atendimento, para reforça as ações e políticas públicas de proteção às mulheres vítima de violência.

A proposta do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, é que esse modelo de atendimento seja descentralizado para outras regiões administrativas.  Além dessa unidade que fica na galeria da Estação 102 Sul do Metrô, as unidades de Planaltina e Ceilândia também serão futuramente reestruturadas.  (DP)

Fonte: Agência Brasília

Todo o conteúdo exposto por comentários nas matérias deste site é de responsabilidade de seus respectivos autores. Por favor leia nossa Política de comentários antes de comentar.