As Unidades Básicas de Saúde (UBS) começaram a receber os equipamentos médicos adquiridos pelo governo do Distrito Federal em maio deste ano. Ao todo, foram comprados 6.630 itens de 16 tipos – sonares, autoclaves, estetoscópios e biombos, entre outros.

Equipamentos entregues às Unidades Básicas de Saúde já estão em operação.
Equipamentos entregues às Unidades Básicas de Saúde já estão em operação. Foto: Brito/Saúde-DF

Do total, 3.429 já foram entregues às superintendências para distribuição entre as unidades. Um dos equipamentos mais esperados era o sonar, utilizado para ouvir o coração do bebê ainda na barriga da mãe.

Secretaria de Saúde recebeu 723 unidades. Destas, 455 foram entregues às superintendências das regiões de saúde. De acordo com o processo de aquisição, a pasta ainda pode adquirir 277 aparelhos do tipo.

A região que recebeu até agora maior número de sonares (151) foi a Sudoeste, que engloba Taguatinga, Samambaia e Recanto das Emas.

A região Sudoeste foi a que recebeu maior número de sonares (151), utilizados para ouvir o coração do bebê no útero da mãe

A UBS 1, no setor QNG, Taguatinga Norte, foi uma das que receberam o equipamento. “Nosso sonar estava obsoleto, acabou quebrando. Agora, vamos poder oferecer pré-natal completo”, comemora o gerente da unidade, Rodrigo Miranda.

Segundo o chefe do Núcleo de Material e Patrimônio da Região Sudoeste, Thiago Marques, a primeira remessa dos aparelhos solicitados à Saúde foi retirada da administração central e, ao longo de duas semanas, todas as UBS da região devem receber os novos aparelhos.

Outros 2.096 equipamentos estão em fase de distribuição e mais 1.166 em processo de tombamento. Um total de 591 não foi entregue à secretaria, por questões administrativas.

Entre estes estão 30 autoclaves (aparelhos para esterilizar materiais médicos). “A instalação demora um pouco mais, pois em alguns casos é preciso fazer ajuste de espaço. As primeiras unidades a receber serão os centros de saúde 1 e 2 de Brazlândia”, aponta o gerente de Apoio Institucional à Atenção Primária, Murilo Nunes.

 Fonte: Agência Brasília

 

 

Todo o conteúdo exposto por comentários nas matérias deste site é de responsabilidade de seus respectivos autores. Por favor leia nossa Política de comentários antes de comentar.