Saiu no Diário Oficial do DF de hoje (08) na página 41 o resultado final do curso de formação dos Conselheiros Tutelares do DF, na seguinte ordem: região administrativa de concorrência, número de inscrição, nome do candidato em ordem de classificação, situação após eleição e resultado do curso.

Além do resultado final também saiu a relação dos candidatos eliminados do Processo de Escolha dos Membros do Conselho Tutelar do Distrito Federal, em razão do julgamento das denúncias de impugnações de candidaturas ou por propaganda eleitoral irregular, com recursos no âmbito administrativo esgotados, ou seja, estão fora do processo e não poderão assumir os cargos.

No total, 588 candidatos estavam aptos a participar das aulas. Desses, 166 foram desclassificados por não comparecimento ao curso e dois eliminados após julgamento de denúncias de impugnação de candidatura ou por propaganda eleitoral irregular, sendo um candidato da cidade de Ceilândia, VAGNER JOSE DA PAIXÃO e outro do Riacho Fundo I, LEONARDO ALVES BORBA. Assim, a lista totaliza 420 candidatos (200 titulares e 220 suplentes).

No Riacho Fundo I, antes mesmo da campanha eleitoral já haviam várias denúncias na mídia envolvendo compras de votos, abuso do poder econômico e a utilização da máquina pública para beneficiar um dos candidatos, tendo a participação de servidores da Administração Regional.

Imagem DF 2/TV Globo – Reportagem exibida em 5 de Setembro de 2019.

Apesar de estarem vinculados administrativamente à Sejus, os conselheiros têm autonomia para exercer suas atribuições. Eles recebem uma remuneração mensal de R$ 4.684,66 – valor definido na Lei Distrital nº 5.294/2014 – e benefícios trabalhistas, como férias, licenças maternidade e paternidade e 13º salário.

Da redação do Policiamento Inteligente

Todo o conteúdo exposto por comentários nas matérias deste site é de responsabilidade de seus respectivos autores. Por favor leia nossa Política de comentários antes de comentar.