Da rivotril e gardenal pra ela

“surtada”, “exaltada”, “descontrolada invadiu o palco”.

A deputada federal Paula Belmonte (CIDADANIA) teve que ser contida pelo governador Ibaneis Rocha (MDB) em um evento oficial nesta sexta-feira. Aparentemente alterada, ela chegou no auditório atrasada e insistiu para compôr a mesa de autoridades. Ao fim da cerimônia, a parlamentar subiu ao palco, foi em direção da primeira dama Mayara Noronha e passou a agredi-la verbalmente. O governador, que já se retirava do auditório, foi até Paula Belmonte exigir respeito e impedir o constrangimento ao qual Mayara estava exposta. Assim não tem dinheiro que dê jeito!

Grileiro fardado não rola no DF

O governador Ibaneis Rocha vai exonerar os sete policiais militares presos na operação de combate à grilagem de terra na Ceilândia, denominada Operação Horus, acusados de grilagem de terra e extorsão no Sol Nascente. “Polícia não é lugar para bandidos”, disse Ibaneis. Entre os policiais, está o tio da primeira dama do Brasil Michelle bolsonaro, 1° sargento João Batista. HORUS na mitologia grega é considerado o deus dos céus.

Mulheres lutando pelos direitos

Unidas pelos direitos e pelo combate ao assédio sexual no metrô, as mulheres que usam o vagão exclusivo expulsaram quatro homens que estavam no vagão. Tá brinquedo não, a mulherada está unida.

Malandramente ele assinou e agora diz ser inocente…

O deputado Robério Negreiros tenta se esquivar da viagem para Orlando em dias de trabalho. A nova agora da série Jedi Robério, que passa em todos veículos de comunicação, é que o deputado se confundiu e assinou a folha errada. Eita que o bom velhinho que faz papel de pombo correio foi mais esperto que o deputado. Voltou tão feliz que saiu autografando tudo. Pelo regimento da casa, o deputado pode assinar a folha 48h depois, mas 15 dias depois é tenso.

 

Cris Oliveira

Todo o conteúdo exposto por comentários nas matérias deste site é de responsabilidade de seus respectivos autores. Por favor leia nossa Política de comentários antes de comentar.