A Assembleia Geral das Nações Unidas votou o dia 1° de outubro como sendo o dia Internacional das Pessoas Idosas, conforme registrado na Resolução 45/106. Infelizmente no Brasil, não temos muito o que comemorar, faltam Políticas Publicas com saúde, segurança e, acima de tudo, conscientização, pois o idoso já foi jovem um dia e já deu sua contribuição em várias áreas como serviço publico, rural e muitas vezes com serviço doméstico, onde o homem saía pra trabalhar e a esposa ficava em casa.
Para se ter um bom envelhecimento precisamos de muito ainda, bem como os itens citados, além da conscientização familiar. Hoje o idoso muitas vezes é o provedor de uma família, quando não é o único salário de uma casa, mesmo assim vão ao banco e ao mercado sendo alvo de muitos perigos. As pessoas que convivem não disponibilizam tempo para acompanhá-los. Um envelhecimento feliz seria que todos pudessem respeitar os mais velhos, e com pequenos gestos fazê-los viver mais e com segurança.

Fonte: Lulu

Todo o conteúdo exposto por comentários nas matérias deste site é de responsabilidade de seus respectivos autores. Por favor leia nossa Política de comentários antes de comentar.