Humberto Lucena rechaça boatos

secretario de saude

 

Humberto Lucena rechaça os boatos de que ele tenha pedido exoneração do cargo de secretário e desmente a informação de que haja uma carta de demissão. “Eu sequer insinuei uma saída, nem para o governador, nem para qualquer interlocutor dele. Ao contrário, estamos agora conseguindo emplacar nosso plano estratégico, que é fortalecer a atenção primária à saúde”, destaca. …

Ele aposta que haja um movimento para desestabilizar a gestão dele na pasta. “Sabemos que a secretaria, durante muito tempo, sofreu muita influência política e econômica de diversos grupos. E estes grupos não têm tido espaço dentro da nossa administração”, comenta.  “Embora intuitivamente algumas atitudes tomadas para moralizar a secretaria possa parecer que agrada todo mundo, tem muitos interesses que são desagradados”, aponta.

A situação orçamentária é um dos maiores desafios no comando da pasta, já que quase todo o dinheiro disponível está comprometido com salários. “Hoje, temos um orçamento de R$ 6,2 bilhões, sendo que R$ 5 bilhões estão completamente engessados coma folha de pessoal. O que consigo fazer é gestão de pessoas, que é o que estamos fazendo. O que nos resta para fazer todo o custeio é insuficiente”, afirma.

Fonte: POR MILLENA LOPES – JORNAL DE BRASÍLIA

Todo o conteúdo exposto por comentários nas matérias deste site é de responsabilidade de seus respectivos autores. Por favor leia nossa Política de comentários antes de comentar.