soutoSEJUS

Segundos fontes do Palácio do Buriti, o  Secretário de Justiça e Cidadania do DF, João Carlos Souto, deverá deixar o cargo em breve. Sua atuação tem sido considerada pífia pelo governo diante da relevância da pasta.

Além de ofender a PM em sua última fala pública, Souto não consegue explicar por que exige tanto da empresa que presta serviços ao Na Hora,  mas que não a paga desde novembro de 2015. É mais um absurdo de um tecnocrata que acha que faz um grande trabalho na SEJUS.

O padrinho político de Souto, deputado Raimundo Ribeiro (PSDB), precisa colocar urgentemente alguém com visão e experiência com o público. Souto é grande profissional técnico, mas sem condições de dar à SEJUS, a visibilidade que ela merece – e precisa.

 

 

Fonte: Donny Silva

Todo o conteúdo exposto por comentários nas matérias deste site é de responsabilidade de seus respectivos autores. Por favor leia nossa Política de comentários antes de comentar.