O Dia Mundial do Lúpus, comemorado em 10 de maio, é patrocinado pela Federação Mundial de Lúpus – uma coalizão de organizações de pacientes lúpicos de todo o mundo. A data chama a atenção para o impacto que o lúpus tem sobre as pessoas, enfocando a necessidade de melhorar os serviços de saúde para o paciente; aumentar a pesquisa sobre suas causas e sua cura; diagnosticar e tratar precocemente a doença; melhorar os dados epidemiológicos em nível global e obter mais recursos para acabar com o sofrimento causado por essa doença que atinge mais de cinco milhões de pessoas.

O Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES ou apenas lúpus) é uma doença inflamatória crônica de origem autoimune. Autoimune significa que o sistema imunológico não consegue diferenciar os agentes nocivos (vírus, bactérias, germes) dos tecidos saudáveis do corpo, criando autoanticorpos que atacam e destroem o tecido saudável. Esses autoanticorpos causam inflamação e dor e podem danificar praticamente qualquer parte do corpo, incluindo pele, coração, pulmões, rins e cérebro.

São reconhecidos dois tipos principais de lúpus: o cutâneo, que se manifesta apenas com manchas na pele (geralmente avermelhadas ou eritematosas, daí o nome lúpus eritematoso), principalmente nas áreas que ficam expostas à luz solar (rosto, orelhas, colo – “V” do decote – e nos braços) e o sistêmico, no qual um ou mais órgãos internos são acometidos. Leia o texto completo na Biblioteca Virtual em Saúde do Ministério da Saúde (BVS MS) e confira bibliografia técnico-científica selecionada sobre o tema.

A BVS MS divulga periodicamente notícias sobre as datas comemorativas da saúde; sobre os temas em destaque nos meios de comunicação especializados em saúde; bem como sobre assuntos relativos à área de informação em saúde e à Rede BVS da qual a BVS MS faz parte.

Durante todo o ano destacam-se diversas datas com o objetivo de informar sobre doenças a serem combatidas e os meios de prevenção, controle e diagnóstico, além das políticas públicas empregadas. Em razão disso, geralmente são promovidas diversas ações e eventos de conscientização da população, servindo como ferramentas de educação em saúde, pois usam a visibilidade que geram para propagar a informação em saúde, educando e protegendo a população por meio do conhecimento.

As datas da saúde são idealizadas por diversas instituições, tais como OMS, OPAS, associações e sociedades de classe de profissionais da saúde, bem como por grupos de pacientes e seus familiares que se organizam em prol do combate ao preconceito e ao estigma que determinadas doenças provocam. Confira mais notícias na BVS MS!

Texto e imagem: Ministério da Saúde

Todo o conteúdo exposto por comentários nas matérias deste site é de responsabilidade de seus respectivos autores. Por favor leia nossa Política de comentários antes de comentar.