20.2 C
Distrito Federal
quinta-feira, 28 maio, 2020

As Quentes da Política do DF

Inquéritos das Fake News Oito deputados ligados ao presidente Bolsonaro são alvo da operação da Polícia Federal que investiga Fake News na internet contra os...
More

    Soraya é única senadora de MS a engrossar lista por CPI contra Dias Toffoli

    Se aprovada, a investigação centra atenção no presidente do Supremo Tribunal Federal

    - PUBLICIDADE -



    A senadora Soraya Thronicke (PSL-MS) é a única dos três da bancada sul-mato-grossense no Senado disposta a assinar o pedido de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar as ações do poder Judiciário.

    A petição deve ser apresentada na sessão de amanhã (3), terça-feira. A ideia é do senador Alessandro Vieira (Cidadania-Se), que já vem há dias tentando emplacar a “CPI da Lava Toga”. O autor da proposta disse já ter 27 assinaturas que garantiram a abertura da investigação.

    Um dos focos da CPI, segundo Viera, é o de mirar, principalmente, a atuação do presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Dias Toffoli, que teria instaurado de maneira ilegal o inquérito das fake news.

    O inquérito em questão tem a ver a investigação instaurada por Toffoli contra denúncias que tem como o alvo o próprio ministro.

    Os senadores Nelsinho Trad (PSD-MS) e Simone Tebet (MDB-MS) ainda não revelaram o motivo pelo qual não quiseram engrossar a lista dos favoráveis à CPI.

    Ao menos até a quinta-feira (29) passada, segundo o senador Vieira, constavam na relação dos senadores que apoiam a CPI contra o Judiciários: Alessandro Vieira, Soraya Thronicke, Mara Gabrilli (PSDB-SP), Izalci Lucas (PSDB-DF), Arolde de Oliveira (PSD-RS), Rodrigo Cunha (PSDB-AL), Marcos do Val (Podemos-ES), Jorge Kajuru (Patriota-GO), Oriovisto Guimarães (Podemos-SP), Styvenson Valentim (Podemos-AC), Plínio Valério (PSDB-AM), Carlos Viana (PSD-MG), Juiza Selma Arruda (PSL-RS), José Machado Reguffe (sem partido-DF), Leila Barros (PSB-DF), Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Major Olímpio (PSL-SP), Lasier Martins (Podemos-RS), Espiridião Amin (PP-SC), Jarbas Vasconcelos (MDB-PE), Luís Carlos Heinze (PP-RS), Flávio Arns (Rede-PR), Fabiano Contarato (Rede-ES), Álvaro Dias (Podemos-PR), Eduardo Girão (Podemos-CE), Izalci Lucas (PSDVB-DF), Maria do Carmo (DEM-SE) e Jorginho Melo (PL-SC).

    No requerimento de instalação da CPI, informou a Agência Senado, consta que a comissão será composta por dez membros titulares e seis suplentes, com duração de 120 dias e limite de despesa de R$ 30 mil.

    Conforme o requerimento, a CPI se destinará a investigar “condutas ímprobas, desvios operacionais e violações éticas por parte de membro do Supremo Tribunal Federal, cuja responsabilidade de fiscalização é do Senado Federal, conforme preceitua o inciso IV, art. 71 da Constituição da República”.

    A instalação de CPI, ainda segundo a Agência, tem o requisito de que haja um fato determinado para investigação. Como fato, o requerimento encabeçado por Alessandro indica a instauração de inquérito, por parte de Dias Toffoli, para apurar eventual cometimento de crimes que atingem a honra do STF, de seus membros e familiares.

    “Dias Toffoli, como se passará a explanar, agiu de maneira absolutamente incompatível com o decoro e a responsabilidade de seu cargo, protagonizando verdadeiros desmandos que atingiram diversos cidadãos, os veículos de imprensa e a sociedade como um todo, motivo pelo qual se faz necessária a investigação do fato determinado supramencionado”, diz a justificativa do requerimento.

    Comentários

    - PUBLICIDADE -

    Notícias Relacionadas

    - PUBLICIDADE -

    Últimas Notícias

    Taxa de isolamento social fica em 48% em São Paulo

    A taxa de isolamento social ontem (27) em São Paulo atingiu 48%, um ponto percentual a mais que no dia anterior, mas ainda abaixo...

    Caixa abre no próximo sábado para saque de auxílio emergencial

    A Caixa vai abrir 2.213 agências no próximo sábado (30), das 8h às 12h, para atendimento aos beneficiários do auxílio emergencial que receberam a...

    Segurança: quebra-molas são instalados em Sobradinho ll

    Para evitar acidentes, a administração regional de Sobradinho II junto com o Departamento de Trânsito do DF (Detran-DF) estão instalando quebra-molas no bairro Buritizinho....

    Dois homens são presos pela PMDF por tráfico de drogas no SIA

    Policiais militares integrantes do 15º Batalhão faziam patrulhamento na região do SIA por volta de 1h30 da manhã de hoje (28), quando viram um...

    Aplicativo "Caixa Tem" permite pagamento de compras em lojas físicas

    Neste momento, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, e os vice-presidentes de Varejo, Celso Leonardo Barbosa, e de Tecnologia e Digital, Cláudio Salituro, participam...