Tive a chance de conhecer o Paris na minha última visita a Nova York, exatamente um ano atrás. Estava em cartaz A Esposa que, futuramente, daria a indicação ao Oscar de melhor atriz a Glenn Close. Passei na porta, pensei em comprar o ingresso e… desisti. Perdi a chance de conhecer talvez o mais lendário cinema da Nova York ainda em atividade.

Mas nesta sexta os nova-iorquinos (e os cinéfilos mundiais) acordaram com a triste notícia do fechamento do Paris. O cinema fica numa área nobre de Manhattan, próximo ao Central Park e ao Plaza Hotel. Foi aberto em 1948 e era o único cinema de rua com apenas uma sala. O último filme exibido foi Pavarotti, documentário dirigido por Ron Howard. Lamentável.

Todo o conteúdo exposto por comentários nas matérias deste site é de responsabilidade de seus respectivos autores. Por favor leia nossa Política de comentários antes de comentar.