Anderson Carmo, marido da deputada federal Flordelis (PSD) faleceu na madrugada deste domingo (16) em Niterói, no Rio de Janeiro, dentro de sua residência. Segundo informações do G1, casal havia acabado de chegar em casa quando o pastor foi executado por diversos tiros. De acordo com o jornal O Dia, ao menos 15 disparos foram efetuados contra o marido da deputada, que chegou a ser levado ao hospital mas acabou não resistindo.

Sensação de estar sendo seguida

De acordo com familiares, a deputada e o marido voltavam de uma confraternização quando Flordelis teria tido a sensação de estar sendo seguida por dois motoqueiros.

Ao chegarem em casa, Anderson teria ido até a garagem para buscar algo no carro quando acabou sendo executado por criminosos que usavam touca ninja para cobrirem o rosto.

O veículo do casal também foi atingido pelos disparos e o cachorro de Anderson e Fordelis teria sido dopado antes de crime, conforme informou o jornal O Dia, embasado em declarações de familiares do pastor e deputada.

Ainda de acordo com o jornal, um amigo do casal teria dito que três homens seriam responsáveis pelo crime e teriam invadido a residência de Anderson e Flordelis.

A suposta testemunha ainda contou que Daniel, um dos filhos do casal teria ouvido os quatro primeiros disparos e logo depois uma rajada de tiros.O homem ainda informou que o homicídio teria ocorrido por volta das 3h30.

Deputada estaria muito abalada

De acordo com o G1, Flordelis estaria muito abalada com a morte do marido que participaria de um evento de seu ministério em São Gonçalo, no Rio de Janeiro. Segundo O Dia, a deputada estaria em casa em estado de choque à base de remédios.

Todo o conteúdo exposto por comentários nas matérias deste site é de responsabilidade de seus respectivos autores. Por favor leia nossa Política de comentários antes de comentar.