20.2 C
Distrito Federal
sábado, 4 abril, 2020

AS QUENTES DA POLÍTICA DO DF

Sete toneladas de massa asfaltica Na última quinta-feira (20), a cidade de Águas Claras passou por uma grande operação para limpeza e recuperação das vias....
More

    Bolsonaro sanciona lei que aumenta punições às torcidas organizadas



    presidente Jair Bolsonaro sancionou o projeto da Câmara dos Deputados que aumenta a lista de casos de violência passíveis de punição pelo Estatuto de Defesa do Torcedor e aumenta as sanções impostas às torcidas organizadas e seus associados.

    Publicada no Diário Oficial na última terça-feira (26), a nova lei inclui violência praticada mesmo na ausência de algum evento esportivo em disputa.

    Com a nova lei (13.912/19), serão punidos torcedores que invadirem treinosagredirem atletas árbitrosfiscais, organizadores de eventos e jornalistas mesmo em seus períodos de folga.

    A nova lei também permite a punição em casos de confronto de torcedores fora dos estádios.

    Atualmente, são punidos somente atos de violência praticados durante algum evento esportivo.

    Outro artigo sancionado pelo presidente prevê o aumento da pena para torcidas organizadas e seus associados que causarem tumulto ou praticarem violência.

    Hoje, a punição para esses casos é a proibição de comparecer a eventos esportivos durante três anos. Com a nova lei, a proibição será aumentada em cinco.

    A torcida organizada que, em evento esportivo, promover tumulto, praticar ou incitar a violência ou invadir local restrito aos competidores, árbitros, fiscais, dirigentes, organizadores ou jornalistas será impedida, assim como seus associados ou membros, de comparecer a eventos esportivos pelo prazo de até cinco anos”, destaca a lei.

    A lei, idealizada pelo ex-deputado Andre Moura (SE) e aprovada pela Câmara dos Deputados em 2016, foi mantida sem alterações em seu texto até sua votação no final de outubro deste ano no Senado. A lei foi sancionada pelo presidente sem qualquer tipo de veto.

    Os senadores, ao votarem o projeto de lei, lembraram os casos de invasão a treinos e hostilidade contra jogadores durante as folgas.

    “Em 2019 já vimos vários episódios de centros de treinamento de equipes de futebol que foram invadidos por torcidas que protestavam contra o mau rendimento de suas equipes, várias ocorrências de hostilidade por parte de torcedores contra jogadores em seus momentos de folga. Esporte, torcida, gera paixão gera nervos inflamados, então acho que é muito interessante essa alteração”, disse a relatora do projeto e ex-jogadora de vôlei, a senadora Leila Barros (PSB-DF), no dia da aprovação.

    Latest Posts

    Empresa chinesa cancela venda de 600 respiradores contratados para a Bahia e o Ceará; carga fica retida em Miami

    A compra de 600 respiradores artificiais pelo Consórcio Nordeste, grupo que reúne os nove governadores da região Nordeste do país, foi cancelada pela empresa chinesa...

    O que os advogados pensam e questionam a respeito da crise gerada pela pandemia do coronavírus. Veja a opinião do Dr Leandro Nardy

    O advogado Leandro Nardy, de Brasília, questiona: como os advogados, enquanto classe, poderiam ajudar os mais atingidos pela crise econômica gerada por essa pandemia?...

    Mais um homem é detido pela PMDF enquanto tentava assaltar loja

    A Polícia Militar deteve mais um homem que roubava estabelecimentos da rede Lojas Americanas. Por volta das 10h55 de hoje (3), motociclistas do 9º...

    GDF suspende pagamento de parcelas e reduz juros do Prospera

    A crise econômica causada pela pandemia do coronavírus exige bom senso e criatividade dos gestores públicos. Por isso, o Prospera, que é um crédito...

    Últimas Notícias

    Força Nacional vai atuar na prevenção e combate ao novo coronavírus

    Equipes da Força Nacional de Segurança Pública vão participar das ações de prevenção e combate à pandemia do novo coronavírus (covid-19) em todo o...

    GDF compra mais R$ 13,4 milhões em produtos de limpeza

    O Governo do Distrito Federal está organizando uma licitação de R$ 13,4 milhões para aquisição de álcool gel, dispensador, sabonete líquido e luvas. Sob...

    BRB lança aplicativo para abertura de conta de pessoa jurídica

    O BRB atualizou o aplicativo BRB Conta, incluindo a opção para abertura de contas de clientes enquadrados na categoria de pessoa jurídica. Disponível na versão Android desde segunda-feira...

    As Quentes da Política do DF

    Twitter sem tolerância com a ignorância Nem o Twitter anda conseguindo seguir os comentários do Presidente Jair Bolsonaro quando o assunto é a COVID19. O...

    São Paulo tem 206 pessoas internadas com covid-19 em estado grave

    O secretário da Saúde de São Paulo, José Henrique Germann, disse hoje (30), em entrevista coletiva, que 206 pessoas estão internadas em unidades de...