O Social que amortece pauladas de qualquer governo

O Governador Ibaneis esteve em Samambaia a poucos meses em uma triste visita onde foi vaiado. Nesta sexta-feira, acompanhado de coordenadores da sua campanha e da família do fundador da cidade Joaquim Roriz, Ibaneis almoçou no Rorizão e anunciou a redução de preço da refeição para R$ 1,00.

Humildade que encanta

Mesmo sendo pautado pela revista época por ser luxuoso com gastos do seu dinheiro, o bilionário governador Ibaneis não poupou esforços e almoçou a feijoada do Rorizão. A revista pautou o gosto gastronômico do governador e até o valor do relógio e caneta. Podemos dizer que Ibaneis usava o relógio de R$ 174 mil reais no pulso, mas se alimentou popularmente com a refeição do RORIZÃO, que custa novamente R$ 1,00.

Clima de comoção fortaleceu a cena do populismo

Ao som da melodia mais marcante das campanhas de Roriz, os militantes do Rorizismo cantavam Roriz é um trabalhador de braços dados com a luta do seu povo. Não teve quem não chorrasse com a cena. Até Ibaneis que pouco conviveu com o ex-governador era só emoção. Pela primeira vez, alguém é tão lembrado com festa no dia de aniversário de sua morte. Fato curioso.

Já para a militância da campanha de Ibaneis…

Mesmo com a insistência da militância de Samambaia em cobrar os cargos prometidos pelo governador na campanha, a resposta continua sendo a mesma. As faixas que cercavam Ibaneis em Samambaia e as cobranças não resolveram o apelo da galera. Ibaneis insiste em dizer que pagou o serviço de campanha e que não deve cargos a ninguém. Será que a galera da cobrança está relacionada na prestação de contas do governador no site do TRE? Pergunta que fica. Uma coisa é certa, a estratégia aplicada funcionou e Ibaneis não foi vaiado.

O caso de assédio sexual e moral na Administração do Gama

Mesmo com boletim de ocorrência e processo administrativo, só quem foi exonerada na estrutura da administração regional do Gama, foi a vítima. Fica a pergunta ao deputado Daniel Donizzeti e ao governador Ibaneis: é assim que vocês trabalham pelo fim do assédio moral e sexual sofrido pelas mulheres no DF? O caso retrata o verdadeiro machismo que sempre reina. O mais interessante é que o governador trabalha fielmente para que as mulheres denuncie abusos sofridos.

Escoteiros no Parque de Aguas Claras

Neste sabádo (28) um grupo de escoteiros fizeram uma ação de replantio no Parque de Águas Claras, que sofreu com o incêndio que desmatou uma boa parte do parque. Ações assim precisam ser incentivadas pela Secretaria do Meio Ambinete. E por falar nela…

Cris Oliveira

Todo o conteúdo exposto por comentários nas matérias deste site é de responsabilidade de seus respectivos autores. Por favor leia nossa Política de comentários antes de comentar.