Foto: Reprodução

As almôndegas servidas como merenda escolar das escolas públicas tinham mais de 9% de gordura. Vergonha para o governo, a carne chega a ser nojenta e o governo deveria ser responsabilizado por servir tamanha nojeira para as crianças, que não sabiam o que estavam comendo. O retorno da proteína não foi nada saudável e custou aproximadamente R$ 7 milhões aos cofres públicos.

Cris Oliveira

Todo o conteúdo exposto por comentários nas matérias deste site é de responsabilidade de seus respectivos autores. Por favor leia nossa Política de comentários antes de comentar.