18 C
Distrito Federal
05/08/2020 - 22:20 PM

As Quentes da Política do DF

Ex-secretário de transporte condenado Quem se lembra da fraude da licitação de transporte públicos no governo Agnelo? Pois é, o ex-secretário José Valter e o...
More

    Aplicativos colocam utilização de carro na ponta do lápis

    Os serviços de compartilhamento de carros, bicicletas e patinetes estão crescendo



    A avalanche de alternativas de transporte dos últimos anos parece estar soterrando de vez a ideia de que carro próprio é sinônimo de liberdade. Enquanto muita gente aproveita os serviços de compartilhamento de carros, bicicletas e patinetes enquanto pensa se ainda vale a pena manter um automóvel na garagem, parte dos jovens já tem certeza de que não.

    Eles não só não pensam em comprar carro como nem sequer querem dirigir. O número de emissões de Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para quem tem entre 18 e 21 anos caiu 20,6% em três anos, segundo dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). O total passou de 1,2 milhão, em 2014, para 939 mil, em 2017. Houve queda também nas outras faixas etárias, o que reduziu de 3 milhões para 2,1 milhões o total de emissões no mesmo período.

    A mudança de hábito é impulsionada também por questões econômicas. Um estudo inédito do Boston Consulting Group (BCG) aponta que, para o consumidor que roda entre 7.000 km e 8.000 km por ano – fatia que representa cerca de 25% das pessoas que têm carro -, vale mais a pena usar um veículo compartilhado em seus deslocamentos.

    “O pior uso do carro é o pouco uso, uma vez que é um ativo caro, que deprecia rapidamente e com uma série de custos fixos que independem do quanto você usa”, diz Régis Nieto, sócio do BCG e um dos líderes de projetos voltados para mobilidade e indústria automotiva no Brasil. O executivo salienta que essa conclusão é baseada apenas em uma análise econômica e não leva em consideração outros fatores. “É importante lembrar que abrir mão do carro traz eficiência, mas há perdas em situações específicas, como na hora de sair com a namorada, viajar ou passear com crianças pequenas que precisam de cadeirinha”, afirma. No dia 30 de maio, ele participa do Summit Mobilidade Urbana, realizado pelo Estado.

    Outro ponto importante que a pesquisa identificou está relacionado à segurança. Para 16% dos entrevistados, entrar no carro de alguém que não conhecem é motivo de desconforto. Uma fatia de 13% se incomoda com a falta de privacidade que a presença de um motorista de aplicativo representa. Foram citados ainda como obstáculo à adesão total ao carro compartilhado a inconstância do tempo de espera e a necessidade de transportar equipamentos como carrinhos de bebê e as próprias cadeirinhas infantis. “Você vai justificar o uso do carro com outros fatores ligados a conforto e comodidade, mas economicamente, mesmo que a vaga de estacionamento seja muito barata, não compensa”.

    Alternativas

    Na região da Avenida Faria Lima, o carro próprio compete não só com os serviços por aplicativo, mas também com patinetes e bicicletas. “No preço atual, o patinete não é uma solução de mobilidade. Ele é mais desconfortável e mais caro que a corrida compartilhada entre vários usuários feita por aplicativo”, avalia Nieto. Já a bicicleta traz vantagens: preço mais acessível e possibilidade de aproveitar o deslocamento para fazer atividade física. Mas a agressividade do trânsito e o tamanho da cidade dificultam o aumento da adesão.

    Por Noticias Ao Minuto

    Comentários

    - PUBLICIDADE -

    Notícias Relacionadas

    Memória: Cientista brasileiro que isolou vírus da dengue orientava olhar aos mais carentes

    A vista concentrada entre tubos de ensaio, bicos aquecedores, reagentes, lâminas, o comportamento das células... Olhos fixos no microscópio, o companheiro inseparável, da manhã...

    Na Antártica, ciência é prioridade

    Apesar de as pesquisas brasileiras amargarem um corte histórico em aplicações e bolsas de estudos – que chegaram a 42% só no Ministério de Ciência...

    Google lançou a opção que vai querer ter nas suas viagens

    AGoogle lançou uma nova funcionalidade para o Maps que combina a app de navegação com a sua app de tradução, o Translate. O resultado...
    - PUBLICIDADE -

    Últimas Notícias

    Brazlândia retoma grupo de tabagismo em meio digital

    Procura nas redes sociais resultou na ideia de atendimento a distância mesmo antes da pandemia | Foto: Agência SaúdeCom os encontros presenciais suspensos em...

    SP: boletins eletrônicos de violência doméstica chegam a 5,5 mil

    Com a possibilidade acionar a polícia pela internet durante a pandemia de covid-19, o número de boletins eletrônicos de ocorrência de violência doméstica chegou...

    Itapevi: laudo descarta culpa de local que fez marmitas envenenadas

    Laudo recebido pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Estado de São Paulo mostra que a igreja onde foram preparadas as marmitas que mataram por...

    Programa GDF Presente chega a Sobradinho II

    Sai Planaltina, entra Sobradinho II: o Polo Norte do GDF Presente chegou nas ruas e estradas da região nesta quarta-feira (5) levando uma série...

    Mega-Sena acumula; prêmio vai a R$ 6,5 milhões

    Nenhum apostador acertou as seis dezenas do Concurso 2.286 da Mega-Sena, sorteados nesta quarta-feira (5) no Espaço Loterias Caixa, no Terminal Rodoviário Tietê, em...