A presidente do PP-DF, Deputada Federal Celina leão, o deputado Júlio Cesár (PRB) e os ex-distritais Cristiano Araújo, Bispo Renato e Raimundo Ribeiro (réus no processo da operação Drácon) terão cinco dias para apresentar testemunhas para a oitiva do processo de improbidade administrativa, que se encontra na 7° Vara da Fazenda Pública do DF. A Operação Drácon investiga o desvio de 31 milhões de emendas parlamentares destinadas à saúde pública do DF. A denuncia foi feita pela ex-distrital Liliane Roriz em 2016.

Cris Oliveira

Todo o conteúdo exposto por comentários nas matérias deste site é de responsabilidade de seus respectivos autores. Por favor leia nossa Política de comentários antes de comentar.