Com a oscilação da moeda americana e ainda que o Real esteja desvalorizado, viajar para destinos vizinhos é uma ótima pedida ainda mais sendo baixa temporada quando os preços tendem a ser mais em conta. Pensando nisso, o Skyscanner, buscador global de viagens, analisou os valores para uma viagem de 7 dias no mês de outubro entre as cinco cidades latino-americanas mais buscadas pelos brasileiros (na plataforma): Buenos Aires, Lima, Montevidéu, San Andres e Santiago.

O levantamento* mostra que Buenos Aires – o segundo destino internacional mais buscado entre os brasileiros, perdendo apenas para Lisboa, foi o mais barato da lista. O total da viagem** fica em torno de R$ 1.670, incluindo voos diretos, hospedagem em hotel três estrelas e passeios para algumas das atrações da cidade como show de tango e Casa Rosada.

Em segundo lugar ficou Montevideo, no Uruguai, que também registrou um bom custo-benefício com uma viagem internacional, por menos de R$ 2.000 para sete dias. Os outros destinos oscilaram entre R$ 2.200 a R$3.200.

A gerente de marketing e comunicação do Skyscanner, Tahiana Rodrigues, destaca que o viajante que deseja explorar pela primeira vez um destino fora do país pode começar pelos destinos na América Latina. “Além da facilidade no idioma, o câmbio é favorável, o custo é bem menor que outros lugares no exterior e tem a vantagem de poder viajar apenas com o documento de identidade, sem se preocupar com visto de entrada e passaporte”, comenta.

Por outro lado, é preciso ficar atento às temporadas de altas e baixas nos preços. Dezembro lidera como o mês mais caro para a maioria desses destinos latinos. Já maio e outubro são ótimos meses para visitar as cidades.

Para quem deseja conhecer Santiago, é melhor evitar viajar no mês de julho, historicamente 36% mais caro do que o mês mais barato que é outubro. O mesmo vale para Buenos Aires com 30% de aumento, comparado a maio, que é o período mais em conta. Já Lima, viajar em janeiro é 21% mais caro do que em maio. Em Montevideo, dezembro deve ser evitado, pois os preços são 33% maiores do que outubro. E em San Andres, julho é o mais crítico com aumento de 33% comparado a maio.

Abaixo preços levantados pelo buscador.
**Vale lembrar que os valores variam e que é possível gastar menos, por exemplo com hospedagem (você pode ficar em um bom quarto coletivo de um bom hostel) e com alimentação (elegendo opções simples, em lugares populares e ou cozinhando uma ou mais refeições de suas refeições diárias).

Buenos Aires

Passagens aéreas: em torno de R$ 1.041 ida/volta
Hotel: período R$ 353,00
Refeição básica: R$ 25,00 por dia
Atrações: Casa Rosada e Caminito grátis / Espetáculo de tango – em torno de R$104,00
Total aproximado: R$ 1.673,00
Confira também dicas, informações e o que fazer em Buenos Aires no post especial que fizemos!

Fonte: Os MUCHILEIROS

Todo o conteúdo exposto por comentários nas matérias deste site é de responsabilidade de seus respectivos autores. Por favor leia nossa Política de comentários antes de comentar.