20.2 C
Distrito Federal
quarta-feira, 27 maio, 2020

As Quentes da Política do DF

CLDF em crise Depois da votação desastrosa do PL do deputado Rodrigo Delmasso, que prevê a inclusão de ex-deputados e ex-comissionados no Plano de Saúde...
More
    - PUBLICIDADE -

    Hran reduz quedas de pacientes na unidade de cirurgia-geral

    Equipe comemorou os 100 dias sem esse tipo de acidente no local AGÊNCIA BRASÍLIA *

    - PUBLICIDADE -



    A queda de pacientes no ambiente hospitalar é um dos eventos adversos mais frequentes e difíceis de serem evitados, pois a maior parte desses acidentes ocorre pela falta de equilíbrio da pessoa. Mas, com as medidas adotadas pela equipe de saúde da unidade de cirurgia-geral do Hospital Regional da Asa Norte (Hran), foi possível alcançar 100 dias sem esse tipo de acidente no local, completados a sexta-feira (10) e comemorados pelos profissionais.

    “As quedas podem causar diversos danos ao paciente – desde físicos, como fraturas e escoriações, a psicológicos, como a perda da confiança”, explica a chefe do Núcleo de Qualidade e Segurança do Paciente do Hran, Janine Montefusco. “Ter 100 dias sem esse tipo de evento adverso comum significa muito, pois foi evitado um agravo do quadro clínico deles, o que contribui na recuperação.”

    Prevenção e monitoramento

    Uma das medidas adotadas na unidade para prevenir as quedas, conta a gestora, foi colocar pulseiras de cor laranja nos pacientes com chances mais altas de sofrer acidentes. Assim, os profissionais de saúde ficam cientes de quem precisa de atenção redobrada.

    “Utilizamos uma escala para avaliar quais pacientes têm mais riscos de sofrer quedas”, destalha Janine. “Assim, desencadeamos medidas preventivas, como calçados antiderrapantes, orientações para os familiares tomarem cuidado redobrado e grades mais elevadas nas macas. Qualquer risco na beira do leito também sinalizávamos no prontuário, para alertar a equipe.”

    Agora, a meta é bater o recorde de 135 dias sem quedas de pacientes, atingidos no ano passado. “Vamos orientar mais ainda os pacientes e seus acompanhantes, fazendo reuniões semanais com os familiares para ajudarem a prevenir”, ressalta a gestora.

    Projeto Paciente Seguro

     As medidas adotadas pela unidade fazem parte do projeto Paciente Seguro, desenvolvido pelo Hospital Moinhos de Vento, de Porto Alegre (RS), em parceria com o Ministério da Saúde, por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional (Proadi), da rede de saúde pública.

    A iniciativa pretende melhorar a segurança do paciente em hospitais públicos localizados em 15 unidades da federação, com base no Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP).

    Com informações da Secretaria de Saúde (SES)

    Comentários

    - PUBLICIDADE -

    Notícias Relacionadas

    - PUBLICIDADE -

    Últimas Notícias

    PMDF recupera celular roubado em abordagem no Gama

    A PMDF, por meio dos policiais do 9º Batalhão de Polícia Militar, recuperou um celular às 18h, desta terça-feira (26), no Gama. A equipe patrulhava...

    PMDF recupera veículo duas horas após o furto

    A PMDF, por meio dos policiais do 9º Batalhão de Polícia Militar, recuperou um veículo furtado no Recanto das Emas e abandonado no Gama,...

    Banco de alimentos da Ceasa recebe 50 caixas de alface

    Foto: Divulgação / Ceasa-DF Nesta terça-feira (26), a Cooperativa Agropecuária da Região do Distrito Federal (Coopa) e a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural...

    Homem é preso por furto dois dias depois de ser solto em audiência de custódia

    Um homem de 36 anos foi preso depois de furtar o celular de uma enfermeira do Centro de Saúde Nº 13, na Asa Norte,...

    Câmara aprova PL que autoriza doação de merenda para família de alunos

    O projeto de lei que autoriza a distribuição dos alimentos usados na merenda escolar para as famílias dos alunos de escolas públicas com aulas...