Foto: Reprodução

 

A imensa fila parada do exame de ressonância magnética vai começar a andar. O GDF está credenciando treze empresas para atendimento, além da compra de quatro aparelhos que irão atender nos hospitais de Sobradinho, Santa Maria, Taguatinga e Asa Norte. A fila de espera pelo exame é de 23 mil pessoas e a preferência será dos pacientes da oncologia e internados.

Cris Oliveira

Todo o conteúdo exposto por comentários nas matérias deste site é de responsabilidade de seus respectivos autores. Por favor leia nossa Política de comentários antes de comentar.