Foto: Reprodução

Aberração com o dinheiro do contribuinte é a Secretaria Adjunta de Turismo. De acordo com o Portal da Transparência, foram gastos 2 milhões e 700 mil reais em passagens para o exterior e 1 milhão e 400 mil reais em passagens no Brasil. No total, a Secretaria de Turismo gastou 5 milhões em 2017 com os serviços prestados a quem? Porque no Turismo do DF não se vê grandes melhorias que possam ter vindo dos gastos com viagens, diárias e até locação de carros (despesa descrita como frete).

 

Fica a pergunta!

 

 

Cris Oliveira com informações do Portal Transparência 

 

Todo o conteúdo exposto por comentários nas matérias deste site é de responsabilidade de seus respectivos autores. Por favor leia nossa Política de comentários antes de comentar.