Parlamentar evangélico pediu oração pelos venezuelanos que sofrem com as atitudes do ditador

O deputado federal Marco Feliciano comentou a situação das fronteiras da Venezuela com o Brasil e a Colômbia, após a decisão do ditador Nicolás Maduro de enviar soldados e tanques de guerra para impedir a entrada de ajuda humanitária.

O parlamentar evangélico agradeceu a Deus pelo PT não ter vencido as eleições. “O Brasil seria transformado em uma Venezuela”, declarou ele.

Na visão de Feliciano, com um governo petista, o Brasil estaria defendendo o regime ditador que tem matado milhares de pessoas de fome e com a violência instalada naquele país.

“A atitude do ditador Maduro diante da ajuda humanitária é inaceitável. Ele coloca suas posições políticas e ideológicas acima do seu próprio povo”, declarou Feliciano.

Na visão do político brasileiro, Maduro age como uma verdadeiro bárbaro e ele estranha o silêncio dos políticos de partidos de esquerda em condenar as atitudes do ditador.

Feliciano ainda pediu, em oração, para que Deus ajude os venezuelanos e diz que os partidos PT, PSOL e PCdoB são cúmplices desses crimes que estão sendo praticados a mando de Maduro.

Todo o conteúdo exposto por comentários nas matérias deste site é de responsabilidade de seus respectivos autores. Por favor leia nossa Política de comentários antes de comentar.