Da descoberta até o nascimento, as futuras mamães passam por inúmeras mudanças, entre elas, estão as mudanças corporais. A partir do quinto mês até o final da gestação, é comum ocorrer o aumento do inchaço nas pernas e nos pés. Para amenizar essas mudanças no corpo, a drenagem linfática é uma opção indicada, pois contribui para a redução do inchaço e auxilia na eliminação de líquidos, trazendo diversos benefícios durante esse período. O SPA Express, microfranquia de beleza, saúde e bem-estar em domicílio, possui em seu menu de serviços uma parte dedicada às gestantes com massagens para auxiliar neste momento de transição. A CEO da empresa, Luciana Piquet, conta como funciona o método durante a gravidez. Confira:

Indicações

A drenagem linfática é muito indicada para gestantes para auxiliar na eliminação de toxinas, no funcionamento do sistema imunológico e, claro, para diminuir inchaços e dores dos membros inferiores. “A drenagem auxilia a futura mãe desde a primeira sessão e principalmente na reta final da gestação, quando o inchaço é maior”, explica Luciana.

Como é e como funciona a drenagem linfática

O procedimento é uma massagem suave e não deve causar dor ou deixar marcas, se uma dessas coisas acontecer, a sessão deve ser interrompida. O procedimento é manual, onde a terapeuta libera os gânglios linfáticos e massageia todo o corpo usando a técnica especializada.

Benefícios

Os benefícios são muitos, desde a melhora da oxigenação celular, alívio de tensões, relaxamento muscular, eliminação de toxinas, até uma melhora na qualidade de vida.“A ideia da sessão é melhorar a circulação sanguínea e reduzir a retenção de líquidos, algo que acontece muito com gestantes”, orienta Piquet.

Contraindicações

Existem algumas comorbidades que tornam desaconselhável a massagem, entre elas estão: hipertensos, trombose, insuficiência renal, tumores, erupções cutâneas, infecções de pele e doenças no sistema linfático. “Mesmo quando não há nenhuma doença que impeça de realizar o procedimento é importante buscar a avaliação e consequentemente, a permissão do obstetra, antes de programar o procedimento”, explica Luciana

Sobre o SPA Express

De origem paraibana, a microfranquia home-based de saúde, beleza e bem-estar em domicílio se tornou uma das maiores do país com mais de 50 operações. O SPA Express foi criado em 2011 pela jovem empreendedora Luciana Piquet e passou a se expandir pelo franchising em 2014. Em 2022, a rede faturou R$ 8,3 milhões com previsão de alcançar R$10 milhões em 2023.