A FreeBrands segue o crescimento acelerado dos últimos anos e busca alavancar as metas de internacionalização. Com operações já iniciadas no Chile e nos EUA, ainda em 2023, mostrando todo o potencial de vendas para além do Brasil, a multimarcas mira agora atuar com mais força no território norte-americano e atender ainda países estratégicos da Europa e Oriente Médio. O objetivo é que a operação represente pelo menos 10% da receita total até o fim de 2024, chegando aos R$ 70 milhões.

A estratégia é atuar inicialmente em Portugal e depois seguir para Espanha, França, Inglaterra e outros países. No Oriente Médio, a ideia é se estabelecer primeiramente com distribuidores nos Emirados Árabes Unidos, em Dubai, e ainda efetivar uma abertura inicial com a China e Índia.

Inclusive, para acelerar o projeto em cena, Carlos Souza assume como gerente comercial focado em exportações. Com quase 40 anos de experiência no mercado estrangeiro, em dois meses de atuação, já superou prognósticos e projeções.

“O setor de HPPC é um dos mais resilientes a crises e vem crescendo em praticamente todo o mundo. Vemos em outros países uma maior busca por inovações e produtos que possuem diferenciação com custo atrativo”, destaca Rafael Nasser, sócio fundador e CEO da FreeBrands.

 

Portfólio de peso: próximos lançamentos

Carregando o DNA inovador, a FreeBrands é detentora de quatro marcas: a primogênita FreeCô, que abriga o primeiro odorizador sanitário do mercado brasileiro, líder absoluto de vendas e referência na categoria; FreeWipes, marca de lenços antissépticos para higienização das mãos que elimina 99% das bactérias e não causa o ressecamento da pele, também líder de vendas em sua categoria; Kissu, spray bucal portátil que elimina o mau hálito; e Beta, a caçula da turma, que inaugurou a presença da companhia no segmento de dermocosméticos com o primeiro hidratante labial nacional em formato de esfera, que facilita o uso e diminui o desperdício.

Com o plano de internacionalização, a multimarcas já busca expandir a linha Beta, com novos aromas, cores e em collabs; também pretende entrar em outras categorias, com novos SKUs de hidratantes para as mãos. Ainda projeta o relançamento de Kissu, incorporando novidades solicitadas pelos consumidores.

 

Estratégias à vista

Em novos territórios, a FreeBrands busca parceiros que tenham afinidade com a linha de produtos, a essência e os objetivos da empresa. “O mercado internacional funciona por similaridade. Todo distribuidor sempre almeja volume de vendas aliado a produtos inovadores que possam atender novos segmentos. Assim, a experiência da FreeBrands no Brasil é o suporte ideal”, ressalta Nasser. “Hoje, as linhas que possuem maior interesse e viabilidade nos mercados estrangeiros se voltam a FreeCô e Beta. Depois de lançada, Kiss também pode ser trabalhada”, complementa.

 

Sobre a FreeBrands

Consolidada como house of brands do segmento HPPC (Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos), a empresa foi criada em 2020 para administrar as marcas FreeCô, o primeiro bloqueador de odores sanitários do país criado em 2015; Free Wipes, os lenços umedecidos antissépticos; Kissu, spray bucal que elimina o mau hálito; e Beta, novo hidrante labial feito com os ingredientes naturais do Brasil e a mais moderna tecnologia de hidratação. Em franca expansão, bateu o recorde de produtos vendidos em 2022, com 5 milhões de unidades, em 30 mil pontos de venda; mira novas estratégias para fortalecer suas marcas e linhas no país e potencializar sua internacionalização. Para saber mais, acesse: www.freebrands.com.br ou @freebrandsbrasil.