SAUDE PUBLICA

A saúde pública do Distrito Federal está pra bater as botas, ou seja, no fim do túnel. O que não é mais segredo para ninguém é que nos 8 meses de governo Rollemberg não mudou nada  na saúde, ao contrário, faltam até seringas nas unidades básicas de saúde para vacinação.

O quadro é vexaminoso. Não temos sequer uma resposta da CLDF, que deve fiscalizar o executivo e proteger o povo. Ainda não conseguiram abrir a CPI da saúde ou caixa preta, como é chamada por alguns blogueiros da cidade. Sabemos que se isso acontecesse, o consorcio político que vem premiando os políticos, em todos os governos, mesmo com seu teatro feito em campanha eleitoral, que demonstra ao povo o sensacionalismo teatral de que os corruptos ficariam de fora em uma mega mudança.

O TCDF, divulgou o relatório da espera das consultas na rede publica de saúde do DF. As solicitações demostram um quadro ineficiente e caótico, uma falta de respeito com o contribuinte da Capital do Brasil, que hoje é a segunda maior arrecadação do País.

Marcar uma consulta com o médico pediatra no DF, pode chegar a dois anos e meio de espera, para os adultos cardíacos a situação não é diferente, podem esperar na imensa fila que hoje tem 20. 233 pacientes na espera que pode durar até dois anos e meio, pela consulta, segundo o relatório do TCDF.

Enquanto isso  temos um governo preocupado com o lazer da cidade que pode acontecer daqui a dois anos na Orla do Lago, já prevista como uma das ações milionárias da TERRACAP.

Rollemberg prometeu uma saúde eficiente, livre da má gestão com muitas equipes do saúde da família atuando na comunidade. A promessa não é mais falada pelo governador, que só da prioridade a AGEFIS, tomou os terrenos do DF como meta do seu governo, sua família de funcionários do PSB, preocupados com o evento do Isoporzinho na Orla, que no facebook tem como coordenadores uma lista de nepotismo praticado pelo nosso governante, de acordo com o CB, quase 10 mil já confirmaram a ida no evento Isoporzinho, mas a fila de espera por uma saúde digna é bem maior governador, chega a 30% da população do DFque esperam por consultas.

O povo que morra nas filas de espera e na falta de tudo que é a saúde pública.

Cris Oliveira

Todo o conteúdo exposto por comentários nas matérias deste site é de responsabilidade de seus respectivos autores. Por favor leia nossa Política de comentários antes de comentar.