caminhoneiros
Os caminhoneiros do DF estiveram em assembléia na porta do Palácio do Buriti na manhã desta quarta (12) e fecharam
todo o estacionamento do local para duas reivindicações: o cronograma de pagamento dos salários atrasados há meses e a análise da licitação feita pelo GDF que teve como ganhadora uma empresa da Bahia ligada a integrantes do PSB-DF, o que ocasionou a retirada dos caminhoneiros da prestação de serviço do DF, e não apresentou o número de máquinas que consta no projeto.
De acordo com várias matérias divulgadas, as empresas que participaram da licitação, no valor de 60 milhões, eram de parentes ligados à empresa ganhadora. “O edital deve ser publicado novamente e a licitação, com indícios de fraude, deve ser cancelada”, disse um caminhoneiro ao Blog da Cris.
O Secretário de Relações Institucionais Marcos Dantas recebeu a comissão dos caminhoneiros no Palácio do Buriti após solicitação dos deputados distritais.
Cris Oliveira
Todo o conteúdo exposto por comentários nas matérias deste site é de responsabilidade de seus respectivos autores. Por favor leia nossa Política de comentários antes de comentar.