16.6 C
Distrito Federal
06/08/2020 - 10:47 AM

As Quentes da Política do DF

Ex-secretário de transporte condenado Quem se lembra da fraude da licitação de transporte públicos no governo Agnelo? Pois é, o ex-secretário José Valter e o...
More

    BNDES lidera grupo de bancos que vão participar da Conta-Covid


    Dezenove instituições financeiras públicas e privadas, coordenadas pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), vão participar da Conta-Covid, financiamento emergencial destinado ao setor elétrico para enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. O BNDES, junto com o grupo de bancos públicos, vai aportar 30% do total de até R$ 16,4 bilhões que serão liberados para as distribuidoras. Os restantes 70% serão oriundos dos bancos privados.

    A Conta-Covid foi regulamentada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) no último dia 23 de junho. Trata-se de uma operação de mercado, sem recursos do Tesouro Nacional, que foi estruturada sob a forma de empréstimo sindicalizado de bancos. A operação é lastreada por ativos tarifários, disse o BNDES, por meio de sua assessoria de imprensa. O processo de formação do grupo das 19 instituições financeiras participantes se deu após negociação, que contou com o apoio dos ministérios de Minas e Energia (MME) e da Economia (ME).

    Adesão

    A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) foi designada gestora da conta. Ela vai contratar a operação de crédito e repassar os recursos para as distribuidoras, que terão até amanhã (3) para fazerem sua adesão à iniciativa. A previsão é que os recursos serão liberados no final deste mês. De acordo com o BNDES, o empréstimo terá custo de Certificados de Depósitos Interbancários (CDI) + 2,9% ao ano, com 11 meses de carência e prazo de 54 meses para amortização.

    O BNDES informou também que a operação foi organizada com o objetivo de evitar reajustes maiores nas tarifas de energia elétrica, que seriam originados do próximo processo tarifário ordinário das distribuidoras. Com a Conta-Covid, esses valores serão diluídos em 60 meses, reduzindo os índices dos reajustes a serem aprovados este ano.

    “A medida garante às distribuidoras os recursos financeiros necessários para compensar a perda de receita temporária em decorrência da pandemia e protege os demais agentes do setor ao permitir que as distribuidoras continuem honrando seus contratos”, expôs o banco.

    Comentários

    - PUBLICIDADE -

    Notícias Relacionadas

    BB tem lucro líquido de R$ 3,2 bi no segundo trimestre, queda de 23,7%

    O Banco do Brasil (BB) registrou lucro líquido de R$ 3,2 bilhões no segundo trimestre deste ano, resultado 23,7% menor do que em igual...

    Baixa inflação permitiu corte nos juros, avaliam entidades

    A redução da taxa Selic (juros básicos da economia) para 2% ao ano era esperada e resulta da baixa inflação, que está abaixo do...

    Caixa manterá calendário de saque do FGTS mesmo após fim da MP 946

    A Caixa Econômica Federal informou nesta quarta-feira (5) que manterá o calendário de saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS),...
    - PUBLICIDADE -

    Últimas Notícias

    Governo certifica pontos de parada e descanso em rodovias

    O Ministério da Infraestrutura certificou nove locais como pontos de parada e descanso para motoristas de transporte de cargas e passageiros nas rodovias brasileiras....

    PMDF prende motorista embriagado e passageiro armado em Planaltina

    A Polícia Militar prendeu duas pessoas, na madrugada de quinta-feira (6), por porte de arma de fogo e embriaguez ao volante, na Quadra 1,...

    Indicador Antecedente de Emprego da FGV cresce 9,2 pontos

    O Indicador Antecedente de Emprego (Iaemp), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), subiu 9,2 pontos de junho para julho deste ano e atingiu 65,9...

    Adoniran, 110 anos: compositor marcou o samba com sotaque paulistano

    Como não ter uma baita de uma reiva de ir em um samba quando não encontremo ninguém? Ainda mais se esperava tomar uma frechada...

    PMDF prende casal de traficantes da Asa Norte

    Os policiais militares do 3º Batalhão prenderam um casal suspeito de traficar na Asa Norte, às 23h, desta quarta-feira (5). A equipe realizava intensificação de...