20.2 C
Distrito Federal
sexta-feira, 5 junho, 2020

As Quentes da Política do DF

Persona non grata O deputado Chico Vigilante solicitou à Câmara Legislativa que reconheça o Ministro da Educação, Abraham Weintraub, como persona non grata em Brasília....
More
    - PUBLICIDADE -

    Wi-fi de alta velocidade para o Palácio do Buriti e Anexo

    - PUBLICIDADE -



    Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

    Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília
    O investimento em equipamentos foi de pouco menos de R$ 900 mil. Não houve despesa com mão de obra, uma vez que a instalação é realizada por técnicos do próprio GDF. Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

    Até o início de julho, a Secretaria de Economia do Distrito Federal concluirá a fase de testes do projeto de internet sem fio de alta velocidade a servidores e visitantes do Palácio do Buriti e do Anexo, da Escola de Governo (Egov) e das demais unidades da própria secretaria.

    Técnicos da Subsecretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação começaram a instalar em 19 de maio a infraestrutura nos locais definidos para o projeto-piloto: Palácio do Buriti, Casa Civil e unidades da Secretaria de Economia no Anexo. Essa fase deve ser concluída até o dia 31. Em junho, serão contempladas unidades da secretaria no Edifício Vale do Rio Doce (Setor Bancário Norte), as agências de atendimento da Receita, a Egov e a Subsecretaria de Saúde, além do restante do Anexo.

    O investimento em equipamentos foi de pouco menos de R$ 900 mil. Não houve despesa com mão de obra, uma vez que a instalação é realizada por técnicos do próprio GDF. O objetivo é melhorar a qualidade, com uma tecnologia compatível com aparelhos eletrônicos mais modernos, e a segurança da rede, tanto para quem trabalha nos órgãos quanto para quem os visita.

    Os servidores poderão, por exemplo, acessar serviços corporativos da rede GDFNet e do CeTIC em dispositivos móveis (celulares e tablets). A medida deixará mais ágil o desenvolvimento de atividades diárias, uma vez que a conexão a esses sistemas não será restrita aos desktops.

    A rede exclusiva para visitantes também está em teste. Para se conectar, basta localizar no dispositivo móvel a rede Economia-Visitante, concordar com os termos e as condições de uso da rede e clicar “entrar”. Na tela seguinte, será necessário escolher uma das formas de autenticação, que no momento são Facebook, Linkedin ou um breve cadastro com nome, CPF e e-mail.

    Todos os serviços eletrônicos do GDF estarão disponíveis à população por meio de seus celulares nos pontos onde funcionará a nova rede. A ideia é que o serviço se estenda, futuramente, a todo o governo.

    *Com informações da Secretaria de Economia

    Comentários

    - PUBLICIDADE -

    Notícias Relacionadas

    - PUBLICIDADE -

    Últimas Notícias

    Governo vai ampliar Programa Forças do Esporte

    O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, disse hoje (5) que, até daqui a duas semanas, o Ministério da Defesa receberá R$ 12 milhões para dar continuidade...

    Pronto-socorro do HRC altera fluxo de atendimento a partir de segunda (8)

    As mudanças são parte do plano estratégico do gabinete especial da Secretaria de Saúde, montado em Ceilândia, para reduzir o aumento de casos de...

    Ato no Recife pede justiça no caso da morte de Miguel Otávio

    Um ato no Recife na tarde de hoje (5) mobilizou manifestantes que pediram justiça no caso do menino Miguel Otávio Santana da Silva, que morreu na terça-feira (2)...

    PMDF apreende adolescente por tráfico de drogas no Itapoã

    Um adolescente de 16 anos foi apreendido por ato infracional análogo ao crime de tráfico de drogas, na tarde desta sexta-feira (5), na quadra...

    Premier League divulga detalhes das primeiras rodadas após suspensão

    Dia 21 de junho pode ter time gritando “É campeão!”. Trata-se do Liverpool, que tem a possibilidade de levar o título inglês na 30ª rodada, faltando oito para...