24.2 C
Distrito Federal
01/07/2020 - 13:03 PM

As quentes da política do DF

Ibaneis recebe voto de louvor no Piauí A Assembleia Legislativa do Estado do Piauí aprovou voto de louvor a Ibaneis Rocha pela postura adotada pelo...
More

    Referência no enfrentamento à Covid-19, Hran comemora 17 partos realizados


    Referência no atendimento aos pacientes com Covid-19, o Hospital Regional da Asa Norte (Hran) têm feito o possível para evitar o contágio da doença nos recém-nascidos de mães positivas para o coronavírus.  A unidade hospitalar já realizou  17 partos em pacientes com suspeita de Covid-19. Desses, somente seis foram confirmadas para o coronavírus.

    Em março, foram feitos quatro partos, todas as mães testaram negativo. Em abril, foram realizados três partos, as pacientes também testaram negativo. Em maio, ocorreram dez partos, sendo seis de pacientes confirmadas com a Covid-19. Além disso, foram admitidas duas pacientes encaminhadas dos hospitais regionais de Planaltina e do Gama após o nascimento, ambas suspeitas, mas que testaram negativo para a doença.

    Caso Real

    A dona de casa Antônia Martins, de 31 anos, moradora de Planaltina de Goiás (GO) deu à luz no último sábado (30), no Hran, e foi confirmada para a Covid-19. Além dela, o esposo, Hélio Lourenço e, os dois filhos, de 6 e 9 anos, estão com a doença. Apesar da situação, toda a família está assintomática.

    “Como tivemos contato com alguns parentes contaminados, inclusive, houve uma morte na família por causa do coronavírus, a equipe da Vigilância Epidemiológica ficou nos acompanhando e me deu um encaminhamento para ir para o Hran quando entrasse em trabalho de parto”, relatou.

    De acordo com Antônia, ela e a família realizaram um teste rápido antes do nascimento da pequena Maria Eduarda e, ao comprovarem a doença, ficaram isolados dentro de casa.

    “No hospital tiveram todos os cuidados e na minha alta, recebi a orientação para só pegar na neném quando for inevitável, como dar de mamar, trocar fraldas e dar banho. Sempre usando máscaras e com as mãos higienizadas. Infelizmente, a troca de carinho e afagos vai ter que esperar, pois todos nós estamos com a Covid-19”, lamentou.

    Antônia informou que também foi orientada a fazer mais 14 dias de isolamento domiciliar com a família. O marido, que é motorista, também está em casa junto com a família.

    Orientações

    Os cuidados com os recém-nascidos no Hran, filhos de mães com suspeita ou com infecção confirmada por Covid-19 são os mesmos recomendados pelo Ministério da Saúde via portarias publicadas desde o início da pandemia do novo coronavírus.
    Segundo a Referência Técnica Assistencial da Unidade de Cuidados Intermediários Neonatal (Ucin) do Hran, Telma Nascimento, existe todo o cuidado com o recém-nascido, desde a hora do parto até a alta.“O recém-nascido é recebido por um pediatra devidamente paramentado. A ligadura do cordão umbilical é realizada no momento oportuno, bem como os cuidados da assistência ao recém-nascido em sala de parto. Caso o bebê não necessite de cuidados intensivos, ele permanece em quarto privativo de alojamento conjunto com medidas de isolamento de contato e respiratório”, explica.

    Além disso, são fornecidas as seguintes orientações à mãe: uso permanente de máscara; higienização de mãos (limpeza com água e sabão ou uso de álcool em gel 70%) antes e após o contato com o recém-nascido e manter o berço a dois metros de distância da cama da mãe.

    “Caso seja necessário acompanhante durante a internação, ele deve ser único, sem trocas. Não pode pertencer ao grupo de risco e deve estar assintomático. O uso de máscara e a higienização de mãos antes e após contato com o recém-nascido também se faz necessário”, esclarece Telma.

    Na alta hospitalar, as pacientes recebem a orientação de fazer isolamento por 14 dias e entrar em contato com a Unidade Básica de Saúde mais próxima para receber visita domiciliar.

    * Com informações da Secretaria de Saúde

    Comentários

    - PUBLICIDADE -

    Notícias Relacionadas

    Que tal adotar um cachorrinho?

    São 34 machos e 20 fêmeas, adultos. Os cães já passaram por exames para leishmaniose e foram vacinados para raiva. Foto: Divulgação/Secretaria de Saúde Em...

    Asfalto chega a mais um trecho da Rua 03 de Vicente Pires

    Os trabalhos avançam, eliminando problemas acumulados ao longo de quase 20 anos na cidade| Foto: Divulgação / Secretaria de Obras e Infraestrutura Enxurradas, alagamentos, lama...
    - PUBLICIDADE -

    Últimas Notícias

    Caixa: "mesmo com intermitência, clientes conseguem fazer operações"

    A Caixa Econômica Federal informou hoje (1º), em Brasília, que, mesmo com a intermitência nos sistemas, devido a uma atualização, os clientes conseguem fazer...

    Capital paulista pagará mais caro por energia elétrica

    Os consumidores da capital paulista e região metropolitana de São Paulo pagarão mais caro pela energia elétrica fornecida pela Enel São Paulo (antiga Eletropaulo)...

    Que tal adotar um cachorrinho?

    São 34 machos e 20 fêmeas, adultos. Os cães já passaram por exames para leishmaniose e foram vacinados para raiva. Foto: Divulgação/Secretaria de Saúde Em...

    Asfalto chega a mais um trecho da Rua 03 de Vicente Pires

    Os trabalhos avançam, eliminando problemas acumulados ao longo de quase 20 anos na cidade| Foto: Divulgação / Secretaria de Obras e Infraestrutura Enxurradas, alagamentos, lama...

    Zoo de Brasília acolhe cinco filhotes órfãos de lobo-guará

    O Berçário do Zoológico de Brasília acolheu, nesta quarta-feira (25), cinco filhotes resgatados órfãos da espécie lobo-guará. O resgate ocorreu depois de pesquisadores do...