Frieza e maldade, assim se define os assassinos do motorista do aplicativo UBER, morto ao realizar uma corrida. Após reunião na Feira Permanente de Samambaia os motoristas sairam em carreata na tarde desta segunda-feira (14). Centenas de carros em direção ao cemitério para acompanhar o velório. No trio elétrico o apelo de companheiros do aplicativo, que sentem na pele a falta de segurança no DF, mas principalmente em Samambaia, local que o motorista morava. Entre a emoção dos participantes o apelo pela mudança da lei de penalidade ao menor infrator e a necessidade da população em reivindicar por segurança.

Cris Oliveira

Todo o conteúdo exposto por comentários nas matérias deste site é de responsabilidade de seus respectivos autores. Por favor leia nossa Política de comentários antes de comentar.