20.2 C
Distrito Federal
sexta-feira, 29 maio, 2020

As Quentes da Política do DF

Inquéritos das Fake News Oito deputados ligados ao presidente Bolsonaro são alvo da operação da Polícia Federal que investiga Fake News na internet contra os...
More

    Créditos do Nota Legal podem ser indicados a partir desta quinta (4)

    Descontos no IPTU ou no IPVA — opção mais comum dos contribuintes — devem ser solicitados até 31 de janeiro, pelo site do programa MARYNA LACERDA, DA AGÊNCIA BRASÍLIA

    - PUBLICIDADE -



    O prazo para indicação de créditos do Nota Legal começa nesta quinta-feira (4). Os cadastrados no programa — 1,107 milhão de consumidores — podem escolher o abatimento para o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA)ou para o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU).

    Eles têm até 31 de janeiro para optar por um dos tributos pelo site do programa.

    Em 2017, valeram-se dos descontos 375 mil contribuintes, o que resultou em R$ 66 milhões em indicações. Desse total, R$ 51 milhões foram direcionados ao abatimento de IPVA, e R$ 15 milhões, ao de IPTU.

    Em números absolutos, esse total representa deduções em 256 mil veículos e em 71 mil imóveis.

    A expectativa para 2018 é que o montante de descontos fique entre R$ 65 milhões e R$ 68 milhões.

    Contribuintes que tiverem dúvidas sobre a utilização dos recursos poderão saná-las por meio do Manual do Consumidor, disponível na página do programa na internet. A Secretaria de Fazenda também conta com equipes para dar suporte e orientação virtual pelo Facebook.

    Em 2017, o Nota Legal contou com o incremento de 107 mil contribuintes. No ano anterior, havia 1 milhão de participantes.

    “Pedir a nota no momento da compra, não importa o valor dela, é um ato de cidadania fiscal”Márcio Silva Gonçalves, coordenador de Cadastro e Lançamentos Tributários, da Secretaria de Fazenda

    Esse aumento reforça a importância social da iniciativa, acredita o coordenador de Cadastro e Lançamentos Tributários, da Secretaria de Fazenda, Márcio Silva Gonçalves. “Pedir a nota no momento da compra, não importa o valor dela, é um ato de cidadania fiscal”, destaca.

    Quem não tiver carro ou imóvel pode converter o benefício em dinheiro. O cronograma para informar conta bancária para depósito ainda será definido. Para isso, os interessados devem manter os dados atualizados no sistema do Nota Legal.

    Boletos do IPVA enviados pelos Correios não têm o desconto do Nota Legal

    Desde 2017, a Secretaria de Fazenda trabalha com a cobrança da 1ª parcela do IPVA em fevereiro. Com isso, os boletos chegam ao endereço dos contribuintes ainda em janeiro com o valor integral do tributo.

    Caso haja interesse em aplicar as deduções do Nota Legal, deve-se desconsiderar o documento recebido pelos Correios e emitir a segunda via com os valores atualizados. Ela fica disponível no site do programa depois da indicação dos créditos.

    Indicação de CPF permite participar de sorteios do Nota Legal

    Para estabelecimentos que não participam do Nota Legal, como postos de combustíveis, a indicação do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) ou do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) permite a participação nos sorteios do Nota Legal. O documento válido é a Nota Fiscal do Contribuinte Eletrônica (NFC-e).

    A primeira edição ocorreu em 20 de novembro e distribuiu R$ 3 milhões em prêmios. Os contemplados têm até 19 de maio para indicar a conta bancária para depósito do valor em dinheiro.

    Desde segunda-feira (1º), está em vigor uma nova modalidade: o Nota Saúde Legal. Por meio dele, consumidores brasilienses poderão resgatar créditos de compras de medicamentos.

    Nesse caso, o limite de ressarcimento por consumidor será de 7,5% do valor. Além disso, o resgate terá cronograma diferente dos outros formatos do programa.

    Os créditos de compras em geral, seja para abatimentos de impostos ou para depósito em dinheiro, podem ser resgatados apenas uma vez ao ano.

    Já na aquisição de medicamentos, os valores estarão disponíveis em até 60 dias após o fim de cada quadrimestre do ano. Quem fizer uma compra de janeiro a abril, por exemplo, receberá os créditos em junho ou julho.

    Estímulo ao consumidor e combate à sonegação

    O Nota Legal foi criado em 2008 com o objetivo de estimular o consumidor a exigir o documento fiscal nas compras de mercadorias e serviços. A intenção, com isso, é contribuir para o combate à sonegação e munir o governo de informações essenciais à cobrança regular de impostos.

    Indicação de créditos do Nota Legal para desconto no IPTU ou no IPVA

    De 4 a 31 de janeiro

    Pelo site do programa

    EDIÇÃO: RAQUEL FLORES/Agência Brasília

    Comentários

    - PUBLICIDADE -

    Notícias Relacionadas

    Epig ganha asfalto reforçado

    Obra complexa, recapeamento funcional traz mais benefícios a longo prazo | Foto: Reprodução / GDF Quem transita pela Estrada Parque Indústrias Gráficas (Epig) já reparou...

    EPIG ganha asfalto novo

    Obra complexa, recapeamento funcional traz mais benefícios a longo prazo | Foto: Reprodução / GDF Quem transita pela Estrada Parque Indústrias Gráficas (Epig) já reparou...
    - PUBLICIDADE -

    Últimas Notícias

    Firjan lança guia com recomendações para a retomada do trabalho

    A Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) divulgou, hoje (29), o Guia de Orientações para a Retomada Segura das Atividades...

    Epig ganha asfalto reforçado

    Obra complexa, recapeamento funcional traz mais benefícios a longo prazo | Foto: Reprodução / GDF Quem transita pela Estrada Parque Indústrias Gráficas (Epig) já reparou...

    Atletismo: Torneio virtual reúne elite paralímpica do Brasil

    Um exemplo de união e superação no período de isolamento social forçado pela pandemia do novo coronavírus (covid-19) vem de Santos (SP). No próximo...

    Ministério da Saúde fala sobre combate à pandemia de covid-19

    Neste momento, representantes do Ministério da Saúde participam de entrevista, no Palácio do Planalto, sobre enfrentamento à pandemia de covid-19. Acompanhe ao vivo     De acordo com...

    Barroso defende lista tríplice obrigatória para escolha do PGR

    O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso se posicionou hoje (29) a favor da...