Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

O Governo do Distrito Federal (GDF) prepara a construção de cinco novos viadutos em pontos de tráfego intenso de veículos. As chamadas obras de arte, intervenções viárias de grande porte, atenderão os acessos a regiões administrativas onde o gargalo de veículos em horário de pico praticamente para a circulação. Os viadutos serão construídos em Recanto das Emas, Sobradinho, Itapoã com o Paranoá, Riacho Fundo e Jardim Botânico.

“As construções desses obras de arte vão eliminar a intensidade na fluidez do trânsito em pontos críticas da cidade e que comprometem o tempo das pessoas quando vão para o trabalho ou quando voltam pra casa. Teremos agilidade ao trânsito”, avalia o diretor-geral do DER/DF, Fauzi Nacfur.

Ponto a ponto
No entroncamento do Recanto das Emas com a DF-001, o DER/DF aguarda a liberação de recursos da Caixa Econômica Federal – financiadora do projeto – para licitar e dar início às obras. A intervenção vai eliminar o gargalo do tráfego de 60 mil veículos que circulam por ali diariamente.

Já o viaduto de acesso a Sobradinho pela BR-020, chamado de viaduto do Comper, vai aliviar o trânsito diário de 45 mil veículos no retorno e dar mais uma opção de acesso à região. O projeto está em fase de ajuste para que a licitação seja aberta.

Na interseção  do Itapoã com o Paranoá, o DER/DF está captando recursos para que seja dado andamento ao projeto da obra. A circulação na área chega a 30 mil carros por dia e vai melhorar a vida dos moradores das duas regiões.

Jardim Botânico

Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

Em outro entroncamento, o da DF-075, a EPNB, com o Riacho Fundo, circulam todos os dias, em média, 35 mil veículos. O projeto que irá construir o viaduto está em fase final. A etapa seguinte será a de licitação.

Os motoristas que circulam pela região sul do DF, principalmente os que vem do Mangueiral, de São Sebastião e condomínios, também serão beneficiados pela construção de um novo viaduto. Pelo balão da DF-035 que desce para o Jardim Botânico passam todos os dias cerca de 45 mil carros. Esta intervenção ainda está em fase de projeto.

Todo o conteúdo exposto por comentários nas matérias deste site é de responsabilidade de seus respectivos autores. Por favor leia nossa Política de comentários antes de comentar.