ADMINISTRADOR DE BRAZLÂNDIA ARTICULA REUNIÃO COM ENTORNO PARA COMBATER O MOSQUITO AEDES AEGYPTI

0
236

Por Samuel Barbosa

Brazlândia foi a cidade com mais casos de doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, em 2015 e 2016. À época, três em cada dez moradores com dengue no Distrito Federal moravam em Brazlândia. Partindo destes dados o administrador da cidade Jesiel Costa, por determinação do Governador Ibanês Rocha, articulou uma reunião de cooperação na manhã desta quarta-feira (16), com o Secretário das Cidades e Subsecretaria da Casa Civil, prefeitos de Padre Bernardo e Águas Lindas, Diretoria de Vigilância Ambiental em Saúde e Corpo de Bombeiros, para firmarem parcerias e executarem diversas ações e atividades de combate ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, febre chikungunya e o zika vírus, responsável por episódios anteriores de epidemias na cidade e região.

O Diretor de Vigilância Ambiental em Saúde do DF, Petrônio Lopes, apresentou um balanço geral das atividades que vem sendo desenvolvidas na cidade e chamou a atenção para os casos notificados na região de Brazlândia e Entorno que evidenciaram situação de alerta, para imediata campanha de prevenção e controle do Aedes Aegypti nestas localidades.

Para o administrador de Brazlândia Jesiel Costa, a parceria entre as prefeituras é fundamental para o sucesso da Campanha. “Está parceria é muito importante para fortalecer as ações conjuntas entre Brazlândia e cidades vizinhas para o enfrentamento do mosquito, mas o engajamento da população também é fundamental para ajudar a eliminar os criadouros”, frisou o administrador.

Em outro encontro, que deve acontecer já na próxima semana, será definido uma data para dar início ao trabalho integrado, que inclui a conscientização da população e o recolhimento do lixo despejado em local inadequado, além da sensibilização dos moradores para a retirada de materiais inservíveis de dentro dos imóveis, evitando deixar água parada e eliminando possíveis criadouros.

O encontro aconteceu no auditório da Administração Regional de Brazlândia e contou também com as presenças do Secretário das Cidades, Gustavo Ayres, subsecretária da Casa Civil, Meire Mota e os prefeitos de Águas Lindas de Goiás, Hildo do Candango o qual foi representado pelo Secretário de Saúde de Águas Lindas, Eduardo Rangel e Padre Bernardo-GO, Claudiênio Teixeira, do Diretor de Vigilância Ambiental em Saúde, Petrônio Lopes, além de representante do Corpo de Bombeiros, do Conselho de Saúde de Águas Lindas, da Secretaria de Meio Ambiente e de Saúde de Padre Bernardo-GO, vereadores dos municípios próximo à Brazlândia e entre outros representantes.

Alerta

Dados da Secretaria de Saúde demonstram que em 2017 havia 3.971 casos de dengue no DF; em 2018 esse número caiu 40%, chegando a 2.351. Porém, ao verificar os últimos cinco anos, notou-se um aumento de 60% de residências encontradas com o mosquito transmissor.