24 C
Distrito Federal
19/09/2020 - 02:15 AM

As Quentes da política do DF

MP 971/20 em pauta Está em pauta na Câmara dos Deputados, nesta quinta-feira (17), a medida provisória 971/20 que trata do aumento salarial  da força...
More

    DF terá 120 Pontos de entrega voluntária de eletroeletrônicos


    A Secretaria de Meio Ambiente (Sema) vai integrar a equipe gestora do Programa Reciclo Tech, da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti-DF). Uma das ações previstas é a instalação de 60 Pontos de Entrega Voluntária (PEVs) em todas as Regiões Administrativas para o recebimento de eletroetrônicos. Com isso, o DF deve ganhar, em breve, o título de primeira capital do Brasil a atingir a meta estipulada no Acordo Setorial de Eletroeletrônicos, que é de um PEV para cada grupo de 25 mil habitantes. A instalação dos equipamentos começa em outubro.

    “Já temos 60 instalados e, com os novos, conseguimos superar a meta no primeiro ano de implementação do Acordo Setorial, isso com recursos do próprio GDF. Com o tempo, podemos avaliar a necessidade de aumentar esse quantitativo se identificarmos que é necessário um número maior de PEVs para atender a população”, explica o coordenador de Implementação da Política de Resíduos Sólidos da Sema, Glauco Amorim.

    A Sema também vai integrar o Grupo de Trabalho (GT) que apoiará na identificação dos locais onde os PEVS devem ser instalados. “Uma sugestão é de que sejam colocados nas sedes das Administrações Regionais, os órgãos públicos com grande circulação de pessoas também é uma boa estratégia, por exemplo o Palácio do Buriti”, diz.

    A execução do Programa Reciclo Tech é de responsabilidade da Programando o Futuro, organização da sociedade civil, localizada no Gama, selecionada por meio de Chamamento Público junto a Secretaria de Estado de Ciência Tecnologia e Inovação – SECTI. Entre os objetivos do programa, destacam-se a transformação do lixo eletrônico em equipamentos recondicionados e em novos materiais ecológicos oriundos de outros ciclos produtivos.

    A Gerente de Resíduos Sólidos da SEMA afirma: “esse é um projeto pioneiro no Distrito Federal que irá auxiliar a implementar cada vez mais a logística reversa e sensibilizar a população, empresas e governo a cumprirem seu papel também, que é fundamental para o sistema funcionar de fato”.

    Outra ação é a capacitação de jovens e adultos em situação de vulnerabilidade social, por meio de oficinas, cursos e atividades relacionadas ao recondicionamento e operação de computadores.
    De acordo com Glauco, outra vertente trata do descarte dos resíduos eletroeletrônicos do governo local, o que significa a destinação dos bens inservíveis eletroeletrônicos para as estações de metarreciclagem, “o que reduziria os custos do GDF com o armazenamento desse material”, destaca.

    Ele adianta que em breve alguns dos PEVs poderão ser equipados com totens eletrônicos para identificação do doador e receber informações sobre, por exemplo, se ele quer que o HD de um computador seja destruído. “Todo o processo será rastreado e publicado em relatórios. Assim, quem doar pode ficar tranquilo quanto ao não uso dos seus dados”.

    O lixo eletrônico é um composto por cerca de 17 tipos de resíduos, como ferro, plástico, cobre, alumínio e placas de circuito impresso.

    Acordo Setorial

    O Acordo Setorial da cadeia de eletroeletrônicos no DF foi assinado em julho, com a estruturação da cadeia em nível Federal em conjunto com o Ministério do Meio Ambiente (MMA), com a entidade gestora Green Elétron e a adesão dos fabricantes e comerciantes, para a criação de mecanismos financeiros para viabilizar a sustentabilidade da cadeia.

    Houve ainda estruturação de base de dados, normatização junto ao Ibama e articulação do MMA junto aos órgãos competentes para adoção de medidas que possibilitem a instalação dos PEVs nos Estados.

    O Acordo Setorial está previsto na Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) para garantir a logística reversa, um dos instrumentos para aplicação da responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos.

    A PNRS define a logística reversa como um instrumento de desenvolvimento econômico e social ao viabilizar a coleta e a restituição dos resíduos sólidos ao setor empresarial, para reaproveitamento, em seu ciclo ou em outros ciclos produtivos, ou outra destinação final ambientalmente adequada.

    “A Sema tem o papel de articular, discutir, elaborar, e assinar e monitorar o cumprimento dos Termos de Compromisso com representantes setoriais das cadeias de logística reversa. E ainda estimular a participação das organizações de catadores no processo”, afirma Glauco Amorim.

    *Com informações da Secretaria do Meio Ambiente

    Comentários

    - PUBLICIDADE -

    Notícias Relacionadas

    Prefeitura do Rio anuncia futebol com torcida a partir de 4 de outubro

    A Prefeitura do Rio de Janeiro anunciou nesta sexta (18) que os estádios de futebol da cidade poderão voltar a receber torcedores em jogos...

    Governo brasileiro confirma intenção de aderir à Covax

    Após tratativas com a Aliança GAVI, o governo brasileiro confirmou a intenção de aderir à Covax Facility. A iniciativa inédita, co-liderada pela Organização Mundial da Saúde...

    Justiça determina que deputada Flordelis use tornozeleira eletrônica

    A Justiça do Rio determinou hoje (18) que a deputada federal Flordelis (PSD-RJ) seja monitorada por tornozeleira eletrônica e fique em recolhimento domiciliar das 23h às...
    - PUBLICIDADE -

    Últimas Notícias

    Menores são apreendidos por uso e porte de drogas no Guará

    Dois menores foram apreendidos por uso e porte ilegal de entorpecentes na QE 38, do Guará II, por volta das 18h30, dessa sexta-feira (18). A...

    Homem é preso com arma e drogas em Brazlândia

    Um homem foi detido por porte ilegal de arma de fogo e de substância entorpecente na quadra 45, conjunto D, na Vila São José,...

    PMDF apreende moto irregular em Águas Claras

    Um homem foi detido por conduzir uma moto irregular e por posse de entorpecentes na ADE 01, em frente ao lote 06, em Águas...

    Série B: Náutico e Chape empatam nos Aflitos em partida movimentada

    Duas partidas deram sequência à 10ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro nesta sexta-feira (18). Nos Aflitos, Náutico e Chapecoense empataram em 1...

    Detran faz simulação de colisão entre carro e trem no SIA

    Na manhã deste sábado (19), das 10h às 12h, o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) realizará uma ação educativa com simulação de...