1)    Nas suas redes sociais consta a mensagem de Luto pela segurança da Cidade. Qual o seu objetivo hoje, como deputado distrital, para melhorar a segurança pública?

R: Valorização SALARIAL do Policial Militar como sua Saúde Mental, pois o Policial PRECISA DO MÍNIMO DE ESTRUTURA PARA ENFRENTAR OS DESAFIOS DIÁRIOS.

2)    O governador Ibaneis Rocha (MDB) enviou o projeto de militarização das escolas públicas do DF para aprovação na CLDF. Quais benefícios terão os estudantes do DF com o novo modelo de ensino?

R: A escola não é Militar e sim mista (gestão compartilhada). A Policia Militar entra com a ocupação dando a estrutura de DOUTRINA MILITAR para balizar o aluno e deixa-lo apto para o ensino os alunos não podem mais estudar em um ambiente de vulnerabilidade social. Não vamos mais aceitar alunos serem assassinados como no interior de GOIÁS ou professores serem hostilizados por alunos indisciplinados. Os alunos e pais querem uma referência, querem algo para seguir.

3)    Quais foram seus primeiros projetos de Lei protocolados na CLDF? E qual a finalidade deles para a população do DF?

R: PROJETO que Cria a Politica Distrital de segurança pública e defesa social,

 Obrigatoriedade de controle eletrônico para o acesso dos alunos nas instituições educacionais públicas e privadas no DF.

 Cria o programa Cidade segura

 Institui o programa abrace sua Praça

FRENTE PARLAMENTAR

 Frente parlamentar em prol da saúde do Policial Militar

 Frente parlamentar – regularização fundiária no DF

4)    Como ex-administrador regional da Candangolândia, o sr. é favorável a escolha do administrador pela população local? Ou sua opinião mudou após indicar o administrador da Candangolândia e do Núcleo Bandeirante?

R:Sou morador da Candangolândia e senti na pele a má gestão de outros Administradores e por esse motivo fui atrás de colocar a mão na massa. Sou a favor de apresentar cinco representantes da cidade, pois a Eleição direta é INCONSTITUCIONAL. Sou contra a indicação de pessoas que são fora da cidade, pois não vão atender e entender as necessidades da população.

5)    Qual a necessidade de um gabinete militar dentro da Câmara Legislativa?

R: Cumprindo não apenas a promessa de campanha, mas também uma reivindicação da Corporação em ser atendida por um policial militar. Fui eleito pela corporação e pela população civil e por esse motivo vou atender a todos de maneira personalizada.

O Gabinete Militar vai acolher o PM e Bombeiro e também será itinerante. Tanto o gabinete Militar, como todos serão acolhidos, ouvidos e representados por mim.

Cris Oliveira

Todo o conteúdo exposto por comentários nas matérias deste site é de responsabilidade de seus respectivos autores. Por favor leia nossa Política de comentários antes de comentar.