19.1 C
Distrito Federal
24/09/2020 - 02:14 AM

As Quentes da política do DF

MP 971/20 em pauta Está em pauta na Câmara dos Deputados, nesta quinta-feira (17), a medida provisória 971/20 que trata do aumento salarial  da força...
More

    Diabetes aumenta no país e já atinge 9% dos brasileiros

    Estudo recente do Ministério da Saúde mostra que em 10 anos índice cresceu 61% em maiores de 18 anos que moram em capitais. Ter hábito saudável é essencial para controlar a doença.



    Em alusão ao Dia Mundial do Diabetes, celebrado dia 14 de novembro, o Ministério da Saúde reforça o alerta à população sobre o crescimento da doença no país. O diagnóstico da enfermidade aumentou 61,8% em 10 anos, segundo dados da pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) do Ministério da Saúde. Entre 2006 e 2016, o número de pessoas que dizem saber do diagnóstico de diabetes passou de 5,5% para 8,9%. As mulheres lideram o ranking: 9,9% da população feminina declarou possuir a doença contra 7,8% dos homens.

    O crescimento do diabetes é uma tendência mundial, devido ao envelhecimento da população, mudanças dos hábitos alimentares e prática de atividade física. De acordo com a Pesquisa Vigitel, 18% da população das capitais brasileiras consomem alimentos doces em cinco ou mais dias da semana, sendo maior entre mulheres (19,7%) do que entre homens (16,0%). O comportamento é mais comum entre jovens de 18 a 24 (26,2%) seguido pela faixa etária de 25 a 34 (20,6%). O levantamento foi feito, a partir de perguntas que indagavam sobre a frequência semanal do consumo de sorvetes, chocolates, bolos, biscoitos ou doces. “Alimentação adequada e prática de exercícios físicos é essencial para conter a doença. Além da ampliação de acesso ao tratamento, temos atuado fortemente na promoção de hábitos saudáveis”, afirmou o ministro Ricardo Barros.

    Para os que já têm diagnóstico de diabetes, o Sistema Único de Saúde (SUS) oferta gratuitamente, já na atenção básica – porta de entrada do SUS -, atenção integral e gratuita, desenvolvendo ações de prevenção, detecção, controle e tratamento medicamentoso, inclusive com insulinas. Para monitoramento do índice glicêmico, ainda está disponível nas unidades de Atenção Básica de Saúde, reagentes e seringas.

    O programa Aqui Tem Farmácia Popular, parceria do Ministério da Saúde com mais de 34 mil farmácias privadas em todo o país, também distribui medicamentos gratuitos, entre eles o cloridrato de metformina, glibenclamida e insulinas.

    INCENTIVO A HÁBITOS SAUDÁVEIS – O incentivo para uma alimentação saudável e balanceada e a prática de atividades físicas é prioridade do Governo Federal. Assim que assumiu o Ministério da Saúde, Ricardo Barros publicou uma Portaria proibindo venda, promoção, publicidade ou propaganda de alimentos industrializados ultraprocessados com excesso de açúcar, gordura e sódio e prontos para o consumo dentro das dependências do Ministério.

    O Ministério da Saúde também adotou internacionalmente metas para frear o crescimento do excesso de peso e obesidade no país. Durante o Encontro Regional para Enfrentamento da Obesidade Infantil, realizado em março em Brasília, o país assumiu como compromisso deter o crescimento da obesidade na população adulta até 2019, por meio de políticas intersetoriais de saúde e segurança alimentar e nutricional; reduzir o consumo regular de refrigerante e suco artificial em pelo menos 30% na população adulta, até 2019; e ampliar em no mínimo de 17,8% o percentual de adultos que consomem frutas e hortaliças regularmente até 2019.

    Outra ação para a promoção da alimentação saudável foi a publicação do Guia Alimentar para a População Brasileira. Reconhecida mundialmente pela abordagem integral da promoção à nutrição adequada, a publicação orienta a população com recomendações sobre alimentação saudável e para fazer de alimentos in natura ou minimamente processados a base da alimentação. O Governo Federal também incentiva a prática de atividades físicas por meio do Programa Academia da Saúde com aproximadamente 4 mil polos habilitados e 2.012 com obras concluídos.

    Texto: Agência Saúde/ASCOM/GM/MS

     

    Comentários

    - PUBLICIDADE -

    Notícias Relacionadas

    Estudo brasileiro aponta que covid-19 pode causar danos cerebrais

    Um estudo conduzido por um grupo de 17 cientistas indica que o novo coronavírus Sars-Cov-2, responsável pela pandemia de covid-19, é capaz de infectar...

    Cartilha informa população sobre os métodos contraceptivos

      Com o objetivo de manter a população bem-informada acerca dos vários métodos contraceptivos disponíveis na  rede pública de saúde, os servidores da Unidade Básica...

    Projeto de Julio Cesar garante recursos para compra de medicamentos indicados no tratamento de doenças raras

    Parte dos 30% dos recursos destinados ao Programa de Fomento à Pesquisa da Saúde serão aplicados em atividades para o desenvolvimento e compra de...
    - PUBLICIDADE -

    Últimas Notícias

    Mais de R$ 80 mi em obras no Guará até 2022

    Feira do Guará em breve estará ainda mais bonita e convidativa | Foto: Acácio Pinheiro / Agência BrasíliaO ano de 2021 promete ser movimentado...

    Sport mantém embalo no Brasileirão e complica vida do Corinthians

    Na estreia do meia Thiago Neves pelo Sport, quem decidiu foi Iago Maidana. Eficiente na defesa, o zagueiro cobrou o pênalti que decidiu a...

    Em 100º jogo pelo Tricolor, Pepê decide Gre-Nal da Libertadores

    No segundo clássico Gre-Nal pela Libertadores, melhor para o Grêmio. Nesta quarta-feira (23), o Tricolor foi superior ao Internacional na maior parte dos 90...

    Sai edital para obras no SMA do Gama

    À medida que o Gama cresce, infraestrutura se aprimora: é mais qualidade de vida para a população| Foto: Divulgação/TerracapMais uma etapa da Área de...

    Botafogo segura empate com Vasco e avança na Copa do Brasil

    O Botafogo segurou o empate em 0 a 0 com o Vasco, em partida realizada nesta quarta (23) no estádio de São Januário, e...