20 C
Distrito Federal
21/09/2020 - 21:23 PM

As Quentes da política do DF

MP 971/20 em pauta Está em pauta na Câmara dos Deputados, nesta quinta-feira (17), a medida provisória 971/20 que trata do aumento salarial  da força...
More

    Relatório da ONU recomenda políticas para diminuir a desigualdade de gênero dentro das famílias

    Entidade recomenda oito ações para melhorar as diferenças de renda, a violência por parceiros íntimos e a divisão de tarefas que sobrecarrega as mulheres. Por G1


    Em relatório divulgado nesta terça-feira (25), a ONU recomendou medidas para diminuir as desigualdades de gênero que afetam as mulheres dentro da família. O documento “O Progresso das Mulheres no Mundo 2019-2020: Famílias em um mundo em mudança” identifica 8 ações para avançar os direitos femininos em diversos âmbitos.

    “A família é um fator que faz a diferença para meninas e mulheres. Nenhuma instituição tem mais significância para nós do que a família — é o lugar para onde vamos para sermos nutridas e recebermos apoio”, afirmou Phumzile Mlambo-Ngcuka, diretora executiva da ONU Mulheres, durante a cerimônia de lançamento do relatório.

    Veja, abaixo, as 8 medidas sugeridas pela ONU:

    1. Prevenir a violência contra as mulheres dentro das famílias

    “As estatísticas mostram que a casa pode ser o lugar de maior violência para mulheres”, afirmou Phumzile Mlambo-Ngcuka.

    Em 2017, cerca de 58% das mulheres vítimas de homicídio foram mortas por um membro da família — cerca de 137 por dia, diz a organização, que analisou 86 países. Além disso, 3 bilhões de mulheres e meninas vivem em países onde o estupro no casamento não é explicitamente tipificado como crime.

    Phumzile Mlambo-Ngcuka. Foto de 30 de maio de 2019 — Foto: REUTERS/Henry RomeroPhumzile Mlambo-Ngcuka. Foto de 30 de maio de 2019 — Foto: REUTERS/Henry Romero

    Phumzile Mlambo-Ngcuka. Foto de 30 de maio de 2019 — Foto: REUTERS/Henry Romero

    Comentários

    - PUBLICIDADE -

    Notícias Relacionadas

    Ipea: percentual de brasileiros em home office cai para 11,7% em julho

    Cerca de 300 mil pessoas deixaram o trabalho remoto em julho, o que reduziu de 12,7% para 11,7% o percentual de brasileiros em home...

    Museus reabrem com segurança e tranquilidade

      Recém-casada há seis meses, a carioca aposentada Mônica Jacinto Dumonte, 52 anos, nem pensou duas vezes quanto ao destino da sua lua de mel:...

    Dia de Conscientização do Alzheimer alerta para o diagnóstico precoce

    Lembrado hoje (21), o Dia Mundial de Conscientização e Prevenção do Alzheimer chama a atenção para a importância do diagnóstico precoce da doença como...
    - PUBLICIDADE -

    Últimas Notícias

    TRE: Crivella pode ficar inelegível até 2026

    O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, poderá se tornar inelegível, já para esta eleição, se for confirmado o resultado parcial do Tribunal...

    INSS diz que 57 agências já realizam perícia médica

    A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho e o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) informaram hoje (21) que 149 peritos médicos federais retomaram...

    Câmara aprova MP que renova contratos temporários na área de saúde

    A Câmara dos Deputados aprovou nesta segunda-feira (21) a Medida Provisória (MP) 974/20, que autoriza o Ministério da Saúde a prorrogar contratos de trabalho...

    Estudo brasileiro aponta que covid-19 pode causar danos cerebrais

    Um estudo conduzido por um grupo de 17 cientistas indica que o novo coronavírus Sars-Cov-2, responsável pela pandemia de covid-19, é capaz de infectar...

    Mais de 400 vagas de emprego para esta terça-feira (22)

    A área da saúde voltou a usar as agências do trabalhador do Distrito Federal para contratar profissionais. Há vagas para médico clínico geral, técnico...