20.2 C
Distrito Federal
quarta-feira, 3 junho, 2020

As quentes da política do DF

Robério volta a inovar em participações na CLDF Quando a gente pensa que já viu de tudo, o deputado Robério Negreiros se supera e mostra...
More
    - PUBLICIDADE -

    Instituto Maria da Penha inaugura Unidade no Recife. A segunda no País

    - PUBLICIDADE -


    Será inaugurada no dia 05 de setembro, às 14h30, a primeira Unidade do Instituto Maria da Penha, em Pernambuco. A primeira também fora de Fortaleza, onde funciona o IMP. O endereço é o 2° andar do prédio da Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação do Estado de Pernambuco, situado à Rua Marquês de Olinda, 150, Bairro do Recife, Recife, Pernambuco.
    Na ocasião, além de Maria da Penha e da modelo e ativista Luiza Brunet, estarão a presidente do Instituto Vasselo Goldoni, representantes dos grupo Bradesco, Hinode e Carrefour, entre outros colaboradores. O IMP – O Instituto Maria da Penha (IMP) foi fundado em agosto de 2009 em Fortaleza, no Ceará, onde funciona como organização não governamental sem fins lucrativos.
    No Recife, o IMP mantém uma representação que funcionava em locais provisórios o que dificultava a execução plena de suas atividades. O IMP tem entre seus objetivos o acolhimento, à atenção  psicológica e jurídica, a formação voltada à empregabilidade e empreendendorismo com fins de fortalecer às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar.
    O surgimento do Instituto está diretamente ligado à história de vida de Maria da Penha, que se tornou um símbolo de luta no combate à violência doméstica contra a mulher. A Lei nº 11.340/2006 leva o nome de Maria da Penha como uma forma de reparação simbólica depois de tantos anos de omissão do Estado brasileiro e de impunidade do seu agressor. Ela também representa o acesso à justiça e foi criada para garantir os direitos de milhares de mulheres vítimas de violência no País.
    O Instituto Maria da Penha tem o objetivo ainda de contribuir e fortalecer mecanismos para coibir e prevenir a violência doméstica e familiar contra a mulher, conforme o art. 1º da Lei n. 11.340/2006. Para isso, conta com o apoio da sociedadel civil organizada e de instituições comprometidas com o seu papel de transformador social.
    Assim, o papel do Instituto Maria da Penha nesse contexto é estimular e contribuir para a aplicação integral da lei, bem como monitorar o desenvolvimento das melhores práticas e políticas públicas para o seu cumprimento, promovendo a construção de uma sociedade sem violência doméstica e familiar contra a mulher.

    Comentários

    - PUBLICIDADE -

    Notícias Relacionadas

    - PUBLICIDADE -

    Últimas Notícias

    Missas e cultos liberados em igrejas e templos do DF

    A Igrejinha Nossa Senhora de Fátima, por enquanto, está aberta apenas para visitação. Foto: Acácio Pinheiro/Agência Brasília Depois dos shoppings e parte dos comércios, agora...

    Semob prorroga validade de vistorias de ônibus, táxis e aplicativos

    A Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob) prorrogou a vigência das vistorias de ônibus do transporte público, táxis e aplicativos até 30 de junho,...

    Covid-19: Brasil tem 584.016 casos confirmados e 32.548 mortes

    O balanço divulgado no fim da noite desta quarta-feira (3) pelo Ministério da Saúde trouxe 28.633 novas pessoas infectadas com o novo coronavírus, totalizando 584.016....

    Pavimentação da DF-285 está perto da conclusão

    A pavimentação de duas faixas de rolamento ao longo de 10,5 km de extensão no Programa de Assentamento Dirigido do Distrito Federal (PAD/DF) segue...

    Cidadãos podem apoiar Ouvidoria-Geral na luta contra a Covid-19

    A Ouvidoria-Geral do DF tem recebido diversos tipos de manifestações relacionadas ao enfrentamento do novo coronavírus. Em geral, são reclamações de estabelecimentos abertos ilegalmente...