20.2 C
Distrito Federal
terça-feira, 26 maio, 2020

As Quentes da Política do DF

CLDF em crise Depois da votação desastrosa do PL do deputado Rodrigo Delmasso, que prevê a inclusão de ex-deputados e ex-comissionados no Plano de Saúde...
More
    - PUBLICIDADE -

    Tudo o que você precisa saber antes de comprar roupas da China

    Custo benefício muitas vezes compensa, mas é preciso se atentar a algumas dicas para não ter surpresas desagradáveis MÃO DE VACA COM ESTILO Isadora Tega

    - PUBLICIDADE -

    Roupas da China podem ser ótimas opções se você estiver procurando modelitos diferentes, por um precinho camarada.

    Sites como AliExpress, Zaful e Wish, por exemplo, oferecem produtos de boa qualidade, mas não nos obrigam a abrir muito a carteira — o que, sem dúvidas, deixa as peças ainda mais bonitas 😉

    as, antes de concluir as compras do meu carrinho, eu sempre me atento a algumas situações para não ter surpresas desagradáveis quando a encomenda chegar. E você deveria fazer o mesmo.

    Veja tudo o que você precisa saber antes de comprar roupas em sites chineses:

    1. Medidas

    Sempre (S-E-M-P-R-E) confira a tabela de medidas disponível no site (todos têm). Muitas vezes as modelagens chinesas são menores do que as do Brasil, então, pode acontecer de você estar habituada a usar M aqui, mas ter de comprar XXG por lá. Isso é absolutamente normal — e a única solução é, realmente, se atentar às medidas descritas no site.

    Veja todas as medidas da peça e, com a ajuda de uma fita métrica, meça as partes correspondentes do seu corpo. Assim fica fácil de saber qual é o tamanho ideal para você 🙂

    2. Material 

    Outra dica essencial é prestar atenção no material que é feito a roupa. As fotos muitas vezes não nos dão a noção real da composição da peça, então, leia a descrição para se poupar de possíveis decepções quando a encomenda chegar. 

    3. Área de avaliação

    Muitos sites oferecem uma área de avaliação das roupas — ou seja, outras clientes que já compraram a mesma peça dizem o que acharam delas. Isso ajuda muuuuito na hora de comprar, pois, se o produto for ruim, outras pessoas podem te alertar.

    O Zaful, por exemplo, ainda dá aos clientes a opção de compartilhar uma foto da roupa, o que é maravilhoso, porque dá para ver como ela é na “vida real”, sem as superproduções do site que está tendando vendê-la.

    4. Prazo de entrega

    Se tem uma coisa que comprar roupas da China exige, essa coisa se chama desapego. Compre a peça e “esqueça”, pois ela pode demorar até quatro meses (ou mais) para chegar. Então, se você pensa em comprar algo para uma data especial, certifique-se de que está fazendo isso com um bom tempo de antecedência.

    Você viu isso? Para ficar poderosa: copie três looks de grife de Anitta gastando pouco

    5. Moeda

    Na maioria das vezes os sites mostram os preços em dólares, então fique atenta: ao colocar as peças no “carrinho”, tenha certeza de que elas estão em reais para não levar nenhum susto quando a fatura do cartão de crédito chegar.

    6. Taxas de alfândega

    Eu sei que às vezes dá vontade de renovar todo o guarda-roupa, já que há muuuitas peças bonitas. Mas não exagere ao adquirir roupas da China. O motivo? Você pode ser taxada na alfândega. Vá com calma e, se necessário, divida a compra em mais de uma.

    7. Promoções

    Sempre confira a área de promoções desses sites, porque geralmente há oportunidades incríveis! Já comprei blusinhas lindas por R$ 10, vestidos por R$ 25 e biquínis por R$ 15. Realmente valem a pena 😀

    E mais: Cuidados com a pele: produtos baratos são ótimos para o dia a dia

    Comentários

    - PUBLICIDADE -

    Notícias Relacionadas

    - PUBLICIDADE -

    Últimas Notícias

    Câmara aprova PL que autoriza doação de merenda para família de alunos

    O projeto de lei que autoriza a distribuição dos alimentos usados na merenda escolar para as famílias dos alunos de escolas públicas com aulas...

    Nove postos vão testar comerciários a partir desta quarta-feira

    Para evitar tumultos e aglomerações, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio-DF) expandiu para nove o número de postos para testagem...

    Câmara aprova MP que aumenta salário mínimo para R$ 1.045

    A Câmara aprovou na noite de hoje (26) a  Medida Provisória 919/20, que aumenta o salário mínimo para R$ 1.045 em 2020. O texto...

    Militares prendem traficante contumaz com dezenas de passagens pela polícia

    Os policiais prenderam um homem de 31 anos por tráfico de drogas nesta terça-feira (26), no Setor Comercial Sul. Ele foi flagrado vendendo crack...

    Consulta pública para moradores contribuírem com melhorias na mobilidade

    As pessoas que utilizam os diversos meios de transporte, em especial os adeptos dos “modos não motorizados”, como ciclos ou até mesmo a pé,...