22/09/2017 Crédito: Ed Alves/CB/D.A Press. Brasil. Brasília - DF. Barragem do Descoberto com o nivel mais baixo da história.

Uma informação falsa de que o racionamento de água seria ampliado para dois dias por semana a partir da segunda-feira (23/10) viralizou nas redes sociais nesta quarta-feira (18). A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) e a Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa) informaram, no entanto, que a nota não é verdadeira.

Leia mais notícias em Cidades

Mesmo com os reservatórios que abastecem o DF apresentando níveis críticos, segundo a Caesb, a ampliação do racionamento ainda não é uma realidade e, se sair do papel, será amplamente divulgado com antecedência. Em nota, a Adasa informou que “não há qualquer decisão do Governo de Brasília sobre a adoção de um segundo dia de racionamento em breve, ao contrário do que sendo veiculado por alguns veículos de comunicação”.

Segundo os órgãos, novas medidas emergenciais, como a ampliação do racionamento, estão sim sendo consideradas, mas só serão implementadas caso os reservatórios cheguem a nível inferior ao estipulado pela Curva de Acompanhamento da Adasa. Para o mês de outubro, a meta é que Santa Maria fique com 23% e o Descoberto, com 9%. Atualmente, os níveis registrados são de 25,5% e 11%, respectivamente.

Reprodução
Nota falsa da Caesb sobre ampliação do racionamento circulou em aplicativo de mensagens

Com a estiagem prolongada, somada às altas temperaturas registradas na última semana – no domingo (15/10), foi registrada a maior temperatura da história do DF, 37,3ºC – o nível dos reservatórios começaram a diminuir mais rápido. O Descoberto, que abastece cerca de 66%, vem caindo 0.3 pontos percentuais por dia, e já opera há 20 dias com o menor nível da história.

Fonte: Correio Braziliense

Todo o conteúdo exposto por comentários nas matérias deste site é de responsabilidade de seus respectivos autores. Por favor leia nossa Política de comentários antes de comentar.