Por Christiane Guimarães
Na tarde deste domingo  (01), a casa de recuperação Comunidade Cristo, que trata a dependência de álcool e outras drogas em jovens e idosos no DF,  comemorou a graduação de quatro residentes que concluíram a etapa de nove meses do Programa de Reinserção Social desenvolvido na chácara.
Tio Fernando, idealizador responsável pelo projeto, explicou que após consulta médica, o interno passa por um período de nove meses de permanência na casa, e durante este período desfruta de duas saídas terapêuticas que servem de teste ao tratamento: uma com sete meses, na qual o residente fica fora da clínica por cinco dias e outra com oito meses, quando o residente passa mais cinco dias em contato com a família.
Segundo Tio Fernando, as saídas terapêuticas são a prova de fogo para ver se o tratamento e a desintoxicação está progredindo. Além disso, o reforço espiritual de orientação Católica, o aprendizado profissional e o apoio familiar que os internos recebem também são decisivos para a mudança de vida.
Tio Fernando é servidor do Corpo de Bombeiros do DF e ex-alcoólatra. “Estou a onze anos limpo, sem pôr nenhum tipo de bebida na boca. Mas sempre falo para os internos da casa que esta doença não é brincadeira, basta apenas um gole pra você voltar a estaca zero e ter de recomeçar todo o processo novamente”, alertou.
A chácara, comprada especialmente para o projeto e cedida pelo ex-administrador de Santa Maria e ex-diretor executivo da Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso (FUNAP-DF), Nery do Brasil, fica no Jardim Ingá e abriga, atualmente, 19 residentes, com  projeção de atuar com um número cada vez maior.
Para Nery do Brasil, poder possibilitar este projeto faz parte da realização de um sonho de longa data: “tenho dedicado alguns anos da minha vida no combate à  criminalidade e ao uso de drogas aqui no Distrito Federal, e quando vejo um jovem ou um homem destes se recuperando tenho certeza de que será uma família a menos que sofre neste país”, e completa “meu projeto de vida é ajudar o meu Estado a dar oportunidades para quem não têm, é por isso que trabalho neste combate e ainda atuo como empresário e figura pública para gerar emprego e renda para estas famílias”.
Tio Fernando, que também recebe ajuda do padre Marcelino – que veio das Filipinas e hoje atua no Brasil – e do médico  Geraldo Gonçalves, avaliou, em tom de agradecimento “quando o Senhor pensou nesta obra Ele já tinha levantado muitos dos escolhidos”.
Dr. Geraldo, clínico geral do Hospital Regional do Gama  (HRG), recebeu um diploma de honra ao mérito pelo serviço voluntário de acompanhamento médico aos residentes da casa. Ele disse se sentir “honrado” e afirmou “eu vim pelo meu coração e agora estou aqui formando jovens para viverem uma vida saudável, plena e feliz”.
Padre Marcelino realizou uma missa em ação de graças aos quatro residentes graduados na primeira turma do projeto, que em três meses formará a segunda turma do programa de reinserção social.
Jailson Santos Pereira, 30 anos, dependente a pelo menos 16 anos, disse que encontrou na Comunidade Cristo a oportunidade que ele precisava para se libertar e recuperar a família. “Após estes nove meses tenho coragem e confiança de sair daqui e  procurar um emprego. A única coisa que eu quero é cuidar da minha filha e ser uma referência de pai para ela”, declarou.
Quem quiser conhecer melhor o projeto, fazer doações ou parcerias pode fazer contato por meio do site www.comunidadecristo.com.
Todo o conteúdo exposto por comentários nas matérias deste site é de responsabilidade de seus respectivos autores. Por favor leia nossa Política de comentários antes de comentar.