29.7 C
Distrito Federal
16/09/2020 - 15:53 PM

As Quentes da Política do DF

Operação Gutemburgo nas ruas Mais uma vez o Governo Dilma e Agnelo é lembrado por uma operação deflagada pelo MPDFT. Dessa vez a operação Gutemburgo...
More

    SP vai cadastrar profissionais da cultura para renda emergencial


    O governo de São Paulo inicia hoje (16) o cadastramento de profissionais que trabalham no setor cultural para o pagamento de renda emergencial, estipulada em R$ 3 mil. Prevista na Lei Federal 14.107/20, conhecida como Lei Aldir Blanc, a renda emergencial também prevê subsídios para espaços e instituições culturais.

    “Aprovada este ano no Congresso Nacional, a lei prevê auxílio monetário para profissionais do setor cultural nesse período de pandemia”, explicou o governador de São Paulo, João Doria.

    A lei destina R$ 566 milhões ao estado de São Paulo – R$ 264 milhões já foram recebidos pelo governo paulista e R$ 302 milhões foram destinados às 645 prefeituras do estado. Por meio das prefeituras, serão feitos repasses às instituições e espaços culturais, com subsídios previstos entre R$ 3 mil e R$ 10 mil, mensais. 

    Do total recebido pelo estado (R$ 264 milhões), R$ 189 milhões serão destinado ao pagamento da renda básica, o que deve beneficiar 63 mil profissionais da cultura com R$ 3 mil, cada. O início do pagamento está previsto para a segunda quinzena de outubro.

    Para se cadastrar, o profissional do setor cultural deve ter atuado em área artística nos 24 meses anteriores à publicação da lei – o que deve ser comprovado por forma documental ou autodeclaratória. A lei determina ainda que a mulher provedora de família monoparental deva receber o valor dobrado.

    Para receber essa renda emergencial, o profissional não deve ter emprego formal ativo ou receber benefício previdenciário, seguro-desemprego, benefício assistencial ou verba de programa de assistência de renda federal, com exceção do Bolsa Família. Ele também não pode ser beneficiário do auxílio emergencial.  

    O candidato não pode ter renda familiar mensal per capita superior a meio salário mínimo ou renda familiar mensal total maior do que três salários-mínimos. Outra exigência é de que ele não tenha recebido, em 2018, rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70.

    Profissionais devem fazer o cadastro para o recebimento da renda básica pela internet. Neste mesmo site será possível fazer o cadastramento para o subsídio a espaços e instituições. As informações serão compartilhadas pelo estado com as prefeituras paulistas. A data limite para inscrição é 18 de outubro.  

    Editais

    Outros R$ 75 milhões serão destinados pelo governo paulista para 25 editais culturais, que fazem parte do Programa de Ação Cultural (ProAC) Expresso Lab, cujas inscrições estarão abertas a partir de amanhã (17).

    O intuito é apoiar e premiar 1,7 mil projetos e profissionais do setor cultural de todo o estado, o que deve gerar, segundo a Secretaria de Cultura e Economia Criativa, cerca de 22,7 mil postos de trabalho e um impacto econômico estimado em R$ 113 milhões.

    Os editais são para áreas de teatro, dança, audiovisual, artes visuais, patrimônio material e imaterial, eventos, circo, museus, literatura, produção cultural online, música e espetáculos infantojuvenis.

    Um desses editais vai destinar R$ 20 milhões para 100 circos, 100 cinemas, 100 museus e 200 teatros independentes de todas as regiões do estado. Em contrapartida, esses espaços deverão disponibilizar, ao todo, 1 milhão de ingressos a preços populares, com o custo máximo de R$ 20 a inteira.

    As inscrições no ProAC Expresso LAB poderão ser feitas pela internet, a partir de amanhã, e estarão abertas até o dia até 3 de novembro.

    Museu da Língua Portuguesa

    O governo de São Paulo disse hoje (16) que adiou a reinauguração do Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo. O museu, dedicado ao nosso idioma, está fechado para reconstrução desde que foi atingido por um incêndio, em dezembro de 2015.

    A expectativa do governo era de que o museu fosse reinaugurado em junho, mas, por conta da pandemia, a reabertura ficou para o primeiro bimestre de 2021.

    Comentários

    - PUBLICIDADE -

    Notícias Relacionadas

    Governo lança edital para concessão da Floresta Nacional do Amapá

    O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) planeja conceder à iniciativa privada o direito de explorar uma área de 265 mil hectares da...

    CCBB do Rio de Janeiro reabriu hoje após seis meses fechado

    Após seis meses fechado, o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), no centro da cidade do Rio de Janeiro, reabriu hoje (16) em novo...

    Cartórios registram recorde de mortes em agosto, informa IBGE

    Um levantamento dos cartórios de registro civil brasileiros, divulgado nesta quarta-feira (16), revela que o mês de agosto deste ano foi o que mais...
    - PUBLICIDADE -

    Últimas Notícias

    Rodrigo Maia tem resultado positivo em teste para covid-19

    O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), teve resultado positivo no teste para covid-19. De acordo com a assessoria da presidência da...

    SP vai cadastrar profissionais da cultura para renda emergencial

    O governo de São Paulo inicia hoje (16) o cadastramento de profissionais que trabalham no setor cultural para o pagamento de renda emergencial, estipulada em R$...

    Estrada do Capão Comprido, em São Sebastião, é recuperada

    Localizada na região rural, a estrada é alvo de ações preventivas para o período das chuvas | Foto: Divulgação/Ascom São SebastiãoCom a aproximação das...

    Agências do INSS em São Paulo serão reabertas amanhã

    O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) informou hoje (16) que recorreu e reverteu a decisão judicial do Tribunal Regional Federal da 3ª Região...

    Governo lança edital para concessão da Floresta Nacional do Amapá

    O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) planeja conceder à iniciativa privada o direito de explorar uma área de 265 mil hectares da...